AUTÁRQUICAS 2021: CARLOS ARMANDO COSTA AFASTA CANDIDATURA INDEPENDENTE

O vice-presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Carlos Armando Costa, afastou hoje, em comunicado, qualquer possibilidade de avançar para uma candidatura independente à Câmara Municipal da Praia da Vitória, nas eleições autárquicas do próximo dia 26 de setembro.

“Não faço nem farei parte de qualquer solução independente para a Câmara Municipal da Praia da Vitória”, lê-se no comunicado enviado às redações.

Carlos Armando Costa reagia a uma notícia publicada na edição de hoje do matutino angrense “Diário Insular”, que noticiava que os três vereadores que na última reunião camarária viram as competências retiradas, sob proposta do presidente da autarquia, ponderavam avançar com uma candidatura independente ao órgão executivo, decisão, refere o jornal, que deverão tomar “até ao fim desta semana”.

Nesse mesmo comunicado, o também responsável pela pasta da Cultura do município praiense, sublinha que solicitou ao periódico angrense que a publicação “seja devidamente desmentida”.

No fim de semana de 02 a 03 de julho, Tibério Dinis, atual presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória foi apresentado, no decurso das “Jornadas Autárquicas” do PS/Terceira, que decorreram no Auditório do Ramo Grande, como recandidato do PS à Câmara da Praia.

Em 10 de julho, numa conferência de imprensa, na vila da Lajes, Tibério Dinis anunciou a sua “indisponibilidade” para liderar o projeto autárquico do PS na Praia da Vitória, apontando “razões pessoais”, nomeadamente as relacionadas com a sua incapacidade própria, “devido à minha génese, de algo que é meu, da minha incapacidade de gerir todas as sensibilidades e todas as exigências, que nas últimas horas e nos últimos dias se impuseram”, acrescentando que muitas delas “não nasceram nas últimas horas, algumas nasceram bem mais lá trás”.

Em 12 de julho, na reunião de ordinária da Câmara Municipal, sob proposta do presidente Tibério Dinis, as competências que estavam delegadas nos vereadores a tempo inteiro, foram transferidas para os chefes de divisão, assim como as que estavam delegadas no presidente devolvidas ao órgão colegial.

Depois de quase uma semana em silêncio, em 16 de julho, Carlos Armando Costa, Tiago Ormonde e Raquel Borges, assinam um comunicado, onde acusam o presidente de “vingança pessoal” na revogação de competências, por terem recusado integrar a sua lista “nos moldes em que a mesma nos foi apresentada e imposta”. Dizem ainda que com efeitos a 12 de julho de 2021, “abdicaremos da totalidade do nosso vencimento como Vereadores a tempo inteiro” e que continuarão “a participar, ativamente, nas reuniões de Câmara”.

Em 14 de julho, o PS/Terceira anuncia oficialmente Berto Messias como candidato à Câmara da Praia da Vitória, indicando no comunicado que dirigiu às redações, que “a equipa candidata será totalmente renovada”.

As Autárquicas 2021 decorrem no dia 26 de setembro. O prazo limite para submissão do processo de candidatura ao tribunal é 02 de agosto.

© PE | Foto: DR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s