AUMENTO DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO PÕE EM CAUSA A SOBREVIVÊNCIA DAS EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS, ALERTA PS/AÇORES

A deputada do grupo parlamentar do PS/Açores, Patrícia Miranda, alertou esta esta quinta-feira que o “brutal aumento dos custos de produção põe em causa a sobrevivência das explorações agrícolas” e que o Governo dos Açores “não está a responder de forma célere e eficaz a este problema”.

Citada em nota de imprensa do partido, a deputada falava após uma visita à empresa “Rações Motamix”, em Ponta Delgada, empresa esta, ligada ao fabrico de alimentos para animais e à venda de outros produtos relacionados com o setor agrícola e a produção de leite.

Para a deputada socialista, as dificuldades e falta de resposta do Governo são evidentes “nos múltiplos relatos de produtores de leite, querem desistir da sua atividade ou a mudar para outras”, lamentando que o Governo prefira quase sempre “tapar o sol com a peneira”, apresentando “medidas tardias e muito pouco eficazes”, contribuindo assim para o aumento do desânimo no setor, que “atravessa graves desafios”.

“A agricultura é um setor de atividade económica muito importante nos Açores, que gera valor acrescentado e bens transacionáveis, como os produtos lácteos e derivados, as carnes, as hortofrutícolas, o mel, os vinhos ou as flores, por exemplo. Estamos a falar do rendimento de muitos Açorianos que deve ser assegurado, sob pena de um colapso destas atividades poderem levar a uma desertificação das zonas rurais e a uma crise social sem precedentes na nossa Região, se não forem tomadas medidas robustas no imediato”, alertou.

Patrícia Miranda recordou que o Partido Socialista apresentou, recentemente, um conjunto de medidas extraordinárias para as empresas e famílias Açorianas, destacando “um apoio extraordinário aos agricultores, para que estes pudessem adquirir o gasóleo verde, destinado à agricultura, com uma redução significativa do seu preço”, uma proposta que “foi chumbada pela coligação de direita que sustenta este Governo”.

Para a parlamentar socialista, esta medida, a par de outras, seria “muito benéfica para os agricultores, numa altura em que os custos de produção, nomeadamente os combustíveis, sofrem aumentos praticamente diários”.

Por outro lado, frisou, a evolução do custo dos cereais e de outras matérias-primas agrícolas, juntamente com o acréscimo do transporte para os Açores têm tido uma “repercussão direta no valor de venda desses produtos aos agricultores, refletindo-se num aumento de custos de tal ordem que se torna difícil para qualquer empresa sobreviver”.

“A ração para os animais tem sofrido aumentos de mais de 30%, os fertilizantes sofreram um aumento de mais de 130% e o gasóleo agrícola tem sofrido aumentos de quase 100%”, sublinhou a deputada.

“Esta não é a altura de baixar os braços. É de ir à luta, de unir esforços e trabalhar em prol do setor agrícola. Não podemos deixar a agricultura dos Açores para trás. É por isso que o PS vai continuar a apresentar medidas que possam ajudar diretamente os agricultores, medidas rápidas e eficazes com impacto positivo e direto no rendimento dos agricultores”, assegurou a deputada do PS, Patrícia Miranda.

© PS/A | Foto: PS/A | PE