PRIMEIRAS JORNADAS DO VINHO VERDELHO DOS BISCOITOS CONFIRMAM GENUINIDADE DA CASTA E URGÊNCIA DE TRAVAR PRESSÃO IMOBILIÁRIA

A freguesia dos Biscoitos e as cidades de Angra e Praia da Vitória receberam no último fim de semana prolongado (22 a 25 de abril) as primeiras Jornadas do Vindo Verdelhos dos Biscoitos, fórum com a participação de um vasto conjunto de especialistas de diversas áreas promovido pela Confraria do Vinho Verdelhos dos Biscoitos.

No âmbito do debate que decorreu ao longo de quatro dias, especialistas, produtores e outros interessados nas temáticas de vitivinicultura, ambiente, turismo e cultura, associadas ao vinho, confirmaram a “genuinidade, singularidade e identidade secular do Vinho Verdelho dos Biscoitos, por via das vertentes naturais, genéticas, históricas, culturais e económicas”.

A par da “necessidade de salvaguardar o património relacionado com o Vinho Verdelho dos Biscoitos, desde os registos da sua materialidade aos imateriais, até ao que é necessário para a continuidade da produção de uvas e vinho”, o fórum alertou para a “urgência de diminuir os impactos da pressão imobiliária, tendo como visão a salvaguarda e reaproveitamento do potencial vitícola da zona demarcada dos Biscoitos, de caraterísticas únicas e irrepetíveis”.

Além disso, o fórum sublinhou, a “imperiosidade de privilegiar, de forma significativa e com as compensações adequadas, o verdelho e as outras castas tradicionais, em relação a alternativas que não sejam caraterísticas nem identitárias dos Biscoitos”.

Por outro lado, as primeiras Jornadas do Vinho Verdelho dos Biscoitos, tornaram claro, segundo nota enviada hoje às redações, que:

“As mais-valias que resultam da existência de um produto especial e característico, feito de castas tradicionais, alinhado com a imagem identitária, turística, ecológica, especial e sustentável, que vem sendo construída sobre os Açores, nos espaços internacionais de comunicação;

A relevância do permanente aprofundamento de conhecimentos sobre os recursos existentes, nas suas várias dimensões, nomeadamente técnica, científica, histórica, económica;

A vantagem da otimização dos processos, quer produtivos quer de rentabilização, seja ao longo da fileira económica onde habitualmente se insere o vinho, seja das outras diversas fileiras onde se possa inserir, numa perspetiva de banda larga;

A evidência de possibilidade de uma grande evolução, sustentável, na consociação do Vinho Verdelho dos Biscoitos a outros recursos, culturais e económicos, criando ou melhorando produtos diversos, nomeadamente no nicho do enoturismo;

A importância de procurar e encontrar públicos, “fora da caixa e longe da confusão”, evitando o querer penetrar em espaços já ocupados por outros interessados e concorrentes, antes privilegiando espaços menores e mais selecionados, relacionados, por exemplo, com música, artes, literatura;

O potencial do Vinho Verdelho dos Biscoitos enquanto elemento agregador da atenção, desenvolvimento local e promotor de auto-estima, referidos como necessários e importantes para continuar o trabalho de sensibilização e envolvimento da comunidade;

A necessidade de definição de uma visão e de objetivos, de forma efetiva e articulada, com organização de ações concretas no terreno e monitorização das mesmas, exponenciando a atratividade dos nossos recursos e produtos;

A relevância do papel das confrarias na salvaguarda e promoção cultural e económica dos produtos genuínos, verdadeiros vigilantes que são desses produtos, realidades e contextos.”

Por fim, a nota dá conta, que “a realização deste evento se afirmou como uma oportunidade ganha como relevante espaço de encontro e partilha de conhecimento, debate e desafios entre as partes interessadas”.

© CVVB | Foto: CVVB | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s