VILA DO PORTO: LANÇAMENTO DO LIVRO “ELOGIO DA TRISTEZA (ÚLTIMOS PRIVILÉGIOS)”

O livro “Elogio da Tristeza (Últimos Privilégios)”, de Daniel Gonçalves, será lançado na Biblioteca Municipal de Vila do Porto, em Santa Maria, no dia 29 de abril, pelas 21:00, revelou esta terça-feira a Câmara Municipal.

Este é o mais recente livro do autor sendo uma coletânea de cinco livros, entre os quais Anterianas, 1816, Sonetos Multipétalos, Prontuário dos Meus Desalentos e Para Que Tudo Valha a Pena.

O lançamento do Livro, informa a nota municipal, contará “com uma sessão de arte viva: ‘a palavra feita música feita imagem’, com palavras de Ângela de Almeida e Daniel Gonçalves e com música e imagem de Pepe Brix”.

Este é o segundo momento de “Na presença de…” inserido na XIX Feira do Livro, que decorre na Biblioteca Municipal até 15 de maio.

“A entrada no evento é livre e gratuita”, lê-se ainda na nota.

SINOPSE

Segundo Daniel Gonçalves, este livro «reúne cinco livros, todos diferentes, todos unidos. O primeiro, “Anterianas”, celebra Antero de Quental e a boa hora em que os meus queridos amigos José Carlos e Maria Helena me ofereceram a edição dos “Sonetos Completos”: tem um prelúdio de João de Melo; o segundo, “1816”, com prelúdio do professor Carlos Fiolhais, aborda as consequências da maior erupção vulcânica de sempre; o terceiro, “Prontuário dos Meus Desalentos (novas distâncias da tristeza)” é a peça central que une todos os outros livros; o quarto, “Sonetos Multipétalos”, celebra Natália Correia e tem um prelúdio da minha querida Ângela de Almeida; o último, finalmente, “Para Que Tudo Valha a Pena”, celebra os clássicos, sobretudo latinos, e tem um prelúdio do professor Luiz Fagundes Duarte».

SOBRE O AUTOR

Nasceu em Wetzikon, Suíça, em 1975. Viveu em Santo Tirso, Braga e Viana do Castelo. Atualmente, vive na ilha de Santa Maria, onde é professor de português do ensino básico e secundário, desde 1999.Publicou o primeiro livro de poesia em 2000, participou em diversas antologias e revistas literárias. A sua obra foi reconhecida por diversas vezes, destacando-se o Prémio Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores APE/IPLB 1997, o Prémio de Poesia Cesário Verde 2003, o Prémio Labjovem Jovens Criadores dos Açores 2009, o Prémio de Poesia Manuel Alegre IPL 2010, o Prémio Literário António Cabral e o Prémio Literário Cidade de Almada, ambos em 2013, e o Prémio de Poesia Manuel Maria Barbosa du Bocage, em 2014.

© CMVP | Imagem: CMVP | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s