CÂMARA DA PRAIA DISTRIBUI EM TODO O CONCELHO “GUIA DO COMÉRCIO LOCAL”

Inserido na estratégia municipal de dinamização empresarial e promoção do comércio local, começou esta segunda-feira, 28 de junho, a ser distribuído por todas as habitações do concelho da Praia da Vitória o “Guia do Comércio Local”, publicação que identifica e reúne os contactos das empresas, serviços e estabelecimentos comerciais existentes em cada uma das 11 freguesias do concelho.

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal da Praia da Vitória “pretende incentivar o consumo no comércio local”, refere o município em nota de imprensa ontem emitida.

“Por diversas vezes, ouvimos alguém dizer que desconhece que uma determinada empresa ou loja existe na sua freguesia. Várias juntas de freguesia foram reunindo dados e apresentando diretórios de serviços e empresas no seu território. Mas achamos que faltava uma listagem global. Esta recolha decorre dessa necessidade. A partir de hoje [ontem], cada praiense pode consultar o guia, saber que tipo de estabelecimentos ou empresas tem na sua freguesia ou nas freguesias vizinhas e comprar lá o que precisa. Continuamos a advogar o mesmo: se cada um tiver a preocupação de dirigir uma parte do seu plafond para compras no mercado de proximidade, ajudamos os nossos empresários e comerciantes”, sublinha Tiago Ormonde, vereador com o pelouro da dinamização empresarial e promoção do comércio local, citado na referida nota.

“Cada um de nós trabalha ou tem um familiar, um amigo ou um vizinho que trabalha numa empresa ou num estabelecimento comercial local. Temos o dever de ajudar que esses negócios perdurem, porque, em última análise, estamos a contribuir para o sustento de quem nos é próximo. As empresas e as lojas locais só resistem se venderem. Muitas vezes, por pura conveniência, compramos tudo no mesmo local. Mas se formos direcionando uma parte das nossas compras para esses locais, estamos a ajudar que elas sobrevivam e, até, cresçam”, enfatiza o responsável.

Tiago Ormonde agradece a colaboração das juntas de freguesia na inventariação dos negócios.

“A recolha de base estava feita pelas juntas de freguesia, que foram lestos em nos ceder esses dados e nos apoiaram na atualização dos mesmos. Espero que as pessoas compreendam que pode haver negócios que não estão na listagem. Por isso, o nosso objetivo é, com a regularidade possível, proceder à atualização e redistribuição do guia em formato físico”, explica.

“Além disso” — indica Tiago Ormonde – “estamos a trabalhar para que estas informações fiquem disponibilizadas na internet, numa plataforma de fácil consulta e que podemos atualizar regularmente”.

© GC-MPV | Foto: GC-MPV | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s