MAIS DE 60% DOS ALUNOS NECESSITAM DE APOIOS SOCIAIS, DIZ SOFIA RIBEIRO

A secretária da Educação do Governo Regional dos Açores, Sofia Ribeiro, disse hoje que 61,4% dos alunos da região precisam de apoios sociais, pelo que 43% do Plano e Orçamento destinado à educação está alocado a essa matéria.

“Uma grande fatia deste plano está precisamente no apoio social: 43% desse investimento, 9,3 milhões [de euros], estão precisamente alocados aos apoios sociais, aos alunos que usufruem de ação escolar social nas nossas escolas”, declarou a governante.

Segundo Sofia Ribeiro, há “uma percentagem avassaladora de alunos que provém ainda de famílias com necessidades, que perfazem a percentagem 61,4% de todos os alunos”.

“Do universo escolar, mais de 60% dos nossos alunos provêm de famílias que carecem de apoio social”, afirmou.

A secretária da Educação falava hoje na comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Regional dos Açores, na cidade da Horta, numa audição sobre o Plano e Orçamento da região para 2021.

Sofia Ribeiro avançou ainda que o orçamento da Educação para 2021 na região será cerca de 22 milhões de euros, sendo três milhões dedicados à digitalização das escolas.

Em 2021, os projetos pedagógicos terão uma dotação de 136 mil euros, quando em 2020 aquela rubrica teve uma dotação 5,4 mil euros: “estamos a falar de uma diferença abissal”, salientou.

Para combater o insucesso escolar e o abandono escolar, serão alocados 300 mil euros em 2021.

“Para o flagelo do insucesso escolar e abandono escolar precoce, uma dotação 300 mil euros, que, por comparação com o plano de 2020, compara com zero euros de execução no combate ao abandono escolar pelo governo anterior”, realçou a governante.

Na audição, o deputado do PS Rodolfo Franca questionou a secretária da Educação sobre a estratégia do governo regional para combater o abandono escolar precoce e alertou para a nova vertente do plano intitulado “programas ocupacionais” no valor de três milhões de euros.

Pelo CDS-PP, a líder parlamentar, Catarina Cabeceiras, enalteceu o “investimento nas escolas digitais”, referindo a importância de dotar professores e encarregados de educação de competências digitais.

A deputada do BE Alexandra Manes interrogou Sofia Ribeiro sobre a regularização dos mil trabalhadores que estão ao abrigo de programas ocupacionais nas escolas, tendo a secretária da Educação reconhecido que alguns daqueles funcionários estão a cobrir “necessidades permanentes” e destacado que o executivo pretende “desenvolver de forma consolidada programas para os trabalhadores abandonarem a situação precária”.

O parlamentar do Chega José Pacheco alertou ainda para a importância da formação extracurricular nas escolas.

Durante esta semana decorrem, na cidade da Horta, as audições aos membros do Governo Regional de coligação PSD/CDS-PP/PPM (e apoio parlamentar do Chega e Iniciativa Liberal) no âmbito do Plano e Orçamento da região para 2021.

A proposta de Orçamento dos Açores para este ano é de cerca de 1.900 milhões de euros, dos quais 165,7 milhões destinados ao transporte aéreo e à reestruturação da SATA

© Lusa | Foto: MM | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s