GNR CONSTITUI ARGUIDOS DOIS HOMENS POR “FURO” À CERCA SANITÁRIA EM RABO DE PEIXE

A GNR constitui arguidos, na passada segunda-feira, 01 de fevereiro, dois homens de 18 e 20 anos por desobediência ao confinamento obrigatório, em particular, por terem “furado” a cerca sanitária imposta na vila de Rabo de Peixe, decretada ao abrigo da regulamentação do estado de emergência na Região.

Segundo informa uma nota daquela força militarizada, “no âmbito de uma ação de policiamento, os militares da Guarda detetaram, na freguesia de São Roque, uma carrinha de venda de pão pertencente a uma padaria com sede na vila de Rabo de Peixe. No decorrer da fiscalização, os indivíduos apresentaram declarações da entidade patronal que lhes permitiam sair do cerco sanitário. Após diligências policiais, foi possível apurar-se que as declarações eram falsas”.

Decorrente destes factos, os operacionais da Guarda procederam à elaboração do respetivo auto de notícia pelo “crime de desobediência e por falsificação de documentos”, tendo os dois indivíduos sido constituídos arguidos e acompanhados até às suas residências, para cumprimento do confinamento obrigatório, conforme legislação em vigor.

A GNR remeteu os factos ao Tribunal Judicial de Ponta Delgada.

© GNR | Foto: DR | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s