VÂNIA FERREIRA: “DIÁLOGO E PROXIMIDADE” AO PODER LOCAL É MARCA DESTE EXECUTIVO

A presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, sublinhou domingo, 26 de junho, na vila das Lajes, que a proximidade aos eleitos locais é a marca do seu mandato e que o diálogo e a cooperação serão centrais na sua atuação.

“Quando assumi estas funções, assumi o compromisso de Diálogo e Proximidade. E é isso que temos procurado fazer. É certo que nem sempre conseguimos responder a tudo; é certo que nem sempre conseguimos satisfazer todos os pedidos; é certo que os Lajenses querem mais, como nós também queremos sempre mais. O nosso compromisso convosco é que estamos de mangas arregaçadas a trabalhar todos os dias para que esta terra continue a ser o melhor paraíso do mundo para vivermos”, afirmou Vânia Ferreira, que discursava na sessão comemorativa do 20.º aniversário de elevação das Lajes a vila, citado em nota do município divulgada nas redes sociais.

Na sua comunicação, a edil praiense exemplificou com o ciclo de visitas “Aproximar o Poder Local” que decorre no concelho e com o reforço das verbas no âmbito da delegação de competências às Juntas de Freguesia.

“Apesar dos constrangimentos financeiros sobremaneira conhecidos e divulgados, temos tentado que a Câmara Municipal da Praia da Vitória continue a ser parceira ativa na dinamização das nossas Freguesias e Vila. Por isso, entre 2021 e 2022, aumentámos em 95% o valor das verbas transferidas para as Juntas de Freguesia do Concelho, ao abrigo da delegação de competências. No caso da Junta de Freguesia da Vila das Lajes, houve um reforço de 7500 euros nas transferências financeiras, permitindo ao executivo local continuar a desenvolver o trabalho mais do que meritório em prol desta Comunidade”, explicou Vânia Ferreira.

“Dentro de pouco tempo, começará a tão ansiada intervenção na dinamização do Museu do Carnaval; estamos a trabalhar para encontrarmos soluções e desenharmos ações que garantam a solução dos problemas e necessidades atuais desta Vila. Ainda há menos de uma semana, estivemos aqui a reunir com as instituições locais e a visitar a Vila das Lajes, para que possamos acomodar o mais possível as necessidades no orçamento municipal”, pormenorizou.

A Junta de Freguesia das Lajes assinalou domingo duas décadas de elevação à categoria administrativa de vila, com uma missa festiva na igreja de São Miguel Arcanjo, deposição de uma coroa de flores no cemitério, sessão solene evocativa da efeméride na sede social da Sociedade Progresso Lajense, seguido de um beberete aberto a todos os lajenses.

A 25 de junho de 2002, o então Ministro da República para a Região Autónoma dos Açores, Sampaio da Nóvoa, promulgou em Angra do Heroísmo, o Decreto Legislativo Regional que elevou as Lajes a vila.

O diploma fora aprovado no parlamento regional, na Horta, no dia 12 de junho de 2002 e de acordo com o estipulado no Artigo 3.º entraria em vigor “no dia seguinte ao da sua publicação”.

O Decreto Legislativo Regional n.º 28/2002/A, de 15 de julho, que eleva as Lajes a vila, foi publicado em Jornal Oficial, 1.ª Série, Número 30, no dia 25 de julho de 2002.

© GC-CMPV | Foto: CMPV | PE