AUTÁRQUICAS 2021: LISTA DE INDEPENDENTES “ESTA É A NOSSA PRAIA” QUER TRANSFORMAR A BAÍA DA PRAIA DA VITÓRIA EM CENTRO DE FORMAÇÃO DE DESPORTOS NÁUTICOS

O grupo de cidadãos eleitores “Esta é a nossa Praia” defende que a baía da Cidade deve ser transformada em Centro de Formação de Desportos Náuticos, num projeto de reordenamento de toda a envolvente à zona da marina e avenida marginal que passa também pela ampliação do Paul e pela salvaguarda e proteção dos areais.

O cabeça de lista do Grupo de Cidadãos Eleitores “Esta é a nossa Praia” à presidência da Câmara Municipal da Praia da Vitória nas eleições Autárquicas do próximo dia 26 de setembro, Tiago Ormonde, comprometeu-se, esta sexta-feira, em transformar a baía da Cidade num “Centro de Formação de Desportos Náuticos”, num plano de reordenamento que prevê intervenções na marina, Clube Naval, Paul e areais da Praia da Vitória.

Após reunir com a Direção do Clube Naval da Praia da Vitória, entidade que considerou “parceiro fundamental do Município na valorização e potenciação do extraordinário ativo natural que temos, que é a nossa baía”, Tiago Ormonde assumiu compromissos que passam pelo investimento em novas infraestruturas, mas também em equipamentos essenciais para a salvaguarda dos areais da baía.

“Toda esta área da baía virada a Norte carece de uma intervenção de reordenamento. Assim, preconizando como essencial a transformação da nossa Baía num Centro de Formação para Desportos Náuticos, entendemos que importa integrar toda esta zona, desde o Paul até ao areal da praia Grande”, declarou à saída da reunião.

Depois de ouvirem as preocupações da coletividade desportiva náutica da Cidade, os candidatos do movimento “Esta é a nossa Praia”, revelaram que o projeto que defendem passa pela “ampliação da zona do Paul – fazendo desta área nobre da Cidade uma zona de bem-estar e saúde, interligada com a baía –, reordenamento de toda a zona do Clube Naval, incluindo a edificação de uma nova sede, com espaços sociais condignos para este Clube, criação de espaços condignos também para as empresas marítimo-turísticas e passagem da doca seca da marina para junto do porto de pescas, no outro extremo da baía”.

Segundo Tiago Ormonde, a deslocação da doca seca da marina para a zona do porto de pescas, no Cabo da Praia, “criará condições para o surgimento de novos negócios na área da reparação de embarcações de recreio, tornando a Praia da Vitória mais competitiva no contexto atlântico”, para além de que “esta deslocalização fará com que a própria capacidade da Marina seja ampliada criando-se uma segunda bolsa de estacionamento de embarcações junto ao porto de pescas”.

Paralelamente a tudo isto, o cabeça de lista do Grupo de Cidadãos Eleitores concorrentes à Câmara e Assembleia Municipal assegurou ainda “a resolução definitiva dos problemas anuais relativos a assoreamento e falta de areia na praia Grande”, sublinhando que “os recursos naturais devem estar ao serviço da nossa economia, criando emprego sustentável, não devem ser custos exacerbados para o erário público”.

Assim, finalizou, “temos um plano de salvaguarda e recuperação dos areais da baía, com especial destaque para a praia Grande, resolvendo o excesso de areias na zona de entrada na marina e a falta de areia na zona da muralha através do recurso a sistemas de geotubos que são um método comprovado, efetivo e económico para projetos de proteção costeira e marinha como é o caso”.

“Resolvendo-se este problema, reduzem-se custos e garante-se qualidade a todos os utilizadores da baía”, apontou.

© GCE | Foto: GCE | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s