COVID-19: VACINAÇÃO ABERTA PARA MAIORES DE 30 ANOS COM ADESÃO “SATISFATÓRIA” NA TERCEIRA

A vacinação contra a covid-19 na modalidade de “Casa Aberta”, sem marcação, que hoje teve início na Ilha Terceira, tem registado uma “adesão satisfatória” por parte da população local.

“Tem havido uma adesão satisfatória até agora”, disse à Agência Lusa, José Barbeito, presidente do Conselho de Administração da Unidade de Saúde da Ilha Terceira (USIT), adiantando que só no final do dia será possível saber o número exato de cidadãos que aderiram à iniciativa.

O modelo de vacinação contra a covid-19, na modalidade de Casa Aberta, já estava disponível na ilha de São Miguel, desde a passada semana, e a partir desta segunda-feira o mesmo acontece na ilha Terceira, a segunda mais populosa do arquipélago dos Açores, para maiores de 30 anos.

“As pessoas só agora estão a ter conhecimento desta modalidade”, adianta o responsável pela USIT, acrescentando ter esperança de que, nos próximos dias, a adesão dos terceirenses à vacinação contra a convid-19 seja ainda maior.

No caso da ilha Terceira, a vacinação abrange todos os cidadãos com mais de 30 anos de idade que não tenham ainda sido vacinados contra a covid-19, desde que estejam inscritos na USIT e não tenham sido infetados nos últimos seis meses.

“Aos utentes que preencham estes requisitos, e sendo portadores de documento de identificação, basta comparecer nos centros e vacinação de Angra do Heroísmo ou Praia da Vitória”, refere uma nota informativa publicado pela USIT nas redes sociais.

A mesma informação indicava que a capacidade diária de vacinação “está limitada ao ‘stock’ de vacinas existente” e que sempre que esgotada, “o utente fica agendado para o dia seguinte”.

Nos Açores, 61,6% da população (145.691 pessoas) tinha a vacinação completa contra a covid-19, de acordo com a informação divulgada pela Autoridade de Saúde Regional que reuniu dados até ao dia de hoje.

A mesma nota de imprensa indicava que 155.446 pessoas (65,7%) receberam, até hoje, uma dose da vacina.

As ilhas de São Miguel e da Terceira são aquelas onde o processo está mais atrasado.

De acordo com o mesmo comunicado de hoje da Autoridade de Saúde Regional, São Miguel tem 60% da população com a vacinação completa e 61% com a primeira dose.

Na Terceira, hoje tinha recebido a primeira dose 66% da população e 55% estava com a vacinação completa.

Na sexta-feira, o secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, adiantou que o arquipélago tem 61% da população com a vacinação completa contra a covid-19 e 64% com a primeira dose, aproximando-se das 300 mil doses aplicadas.

© Lusa | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s