CDS-PP/AÇORES CONGRATULA-SE COM AQUISIÇÃO DE RADARES METEOROLÓGICOS

O grupo parlamentar do CDS-PP congratulou-se esta sexta-feira com o anúncio do processo de aquisição de radares meteorológicos para as Flores e São Miguel, lembrando ser uma pretensão “há muito reivindicada” pelo partido.

“O CDS-PP tem um património político na reivindicação de uma rede de radares meteorológicos para a nossa região. Há mais de uma década que lutamos para que seja uma realidade, com propostas apresentadas na Assembleia Regional e inclusivamente com propostas apresentada em sede de Orçamento do Estado”, afirmou o deputado Rui Martins, citado numa nota de imprensa divulgada pelo partido em reação ao processo de aquisição de radares meteorológicos para as Flores e São Miguel.

Os deputados do CDS-PP sublinham a importância da instalação daqueles equipamentos num arquipélago sujeito “a fenómenos meteorológicos adversos como furacões”.

As infraestruturas de previsão meteorológica “são instrumentos centrais na definição de um competente processo de combate e mitigação de danos, dando aos serviços de proteção civil a possibilidade de se anteciparem em relação a esses mesmos fenómenos e atuar preventivamente na salvaguarda de pessoas e bens”, acrescentam.

O deputado Rui Martins refere que “o CDS-PP nunca baixou os braços quando o radar de Santa Bárbara na ilha Terceira foi inexplicavelmente encerrado”, e “defendeu sempre” que além daquele equipamento “seria necessário instalar” outros dois, um “na ilha das Flores e outro na ilha de São Miguel”, de modo “a cobrir integralmente o arquipélago”.

Na quinta-feira, o presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) adiantou que os dois radares meteorológicos para as ilhas de São Miguel e Flores, vão a concurso internacional no outono, num processo que deve estar terminado em 2023.

“Acabámos de enviar para a nossa tutela uma proposta de resolução de Conselho de Ministros que dará início ao processo de aquisição dos dois radares meteorológicos que faltam à Região Autónoma dos Açores, exatamente, no grupo ocidental e no grupo oriental”, anunciou Miguel Miranda, presidente do conselho diretivo do IPMA.

Este investimento de seis milhões de euros dá resposta a uma “reivindicação antiga” de instalação de radares meteorológicos nas ilhas das Flores e de São Miguel, e irá disponibilizar “dois radares de última geração, com a última tecnologia disponível”, adiantou Miguel Miranda, mas a localização da instalação do equipamento em São Miguel ainda não está fechada.

© Lusa | Foto: GC-CDS-PP/A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s