AUTÁRQUICAS 2021: PAULA DECQ MOTA É A CANDIDATA DA CDU À CÂMARA DA HORTA

Paula Decq Mota, professora, é a candidata da CDU à Câmara Municipal da Horta, nas autárquicas de 26 de setembro, defendendo para o concelho “políticas de futuro” com “uma visão a longo prazo”.

A candidatura foi esta quinta-feira apresentada numa sessão pública onde foi também divulgado o nome de André da Costa Goulart como cabeça de lista à Assembleia Municipal.

Paula Decq Mota, de 42 anos, natural do Faial, é coordenadora do PCP naquela ilha.

Para a candidata, a participação da CDU nestas eleições autárquicas “é, a vários níveis, imprescindível”, quer pela “sua história, profundamente enraizada na luta pelos legítimos interesses dos faialenses, quer por todo o trabalho desenvolvido, nos vários mandatos autárquicos que executou”.

“No que toca ao Faial pretendemos claramente ganhar maior representação autárquica, elegendo para a Câmara, reforçando a representação na Assembleia Municipal e aumentando significativamente a representação nas Freguesias”, disse Paula Decq Mota.

A candidata da CDU afirmou que os faialenses “não estão destinados às alternativas do costume, que revelam mais semelhanças que diferenças e exemplos não faltam, na região e no país”.

No seu entender, as medidas para o concelho da Horta têm sido “lançadas ao sabor de eleições, deixando de lado as estruturantes e as que poderão ter mais impacto na vida dos faialenses”, preconizando “verdadeiras políticas de habitação, de verdadeira reabilitação urbana, de cultura para todos”

Paula Decq Mota critica “a política das câmaras do PSD e do PS, por essa região fora, para com os trabalhadores municipais, que não vêm os seus salários e carreiras valorizadas há longos anos, ou que são afetados por graves situações de precariedade”, ao “abrigo de programas ocupacionais”.

O PS, que gere os destinos do município da Horta, elegeu em 2017 quatro dos sete mandatos, contra três do PSD, mas perdeu a maioria na Assembleia Municipal, onde o PSD, o CDS, o PCP e um ex-deputado do PAN têm juntos mais votos que a bancada socialista.

O executivo municipal da Câmara da Horta é composto pelo presidente (PS), vice-presidente (PS), dois vereadores socialistas e ainda três vereadores eleitos pela coligação “Acreditar no Faial”, que junta PSD e CDS-PP.

O atual presidente da Câmara da Horta, José Leonardo Silva, eleito em 2013 e 2017, volta a candidatar-se pelo PS.

Em junho, um grupo de cidadãos independentes apresentou também a candidatura à Câmara e à Assembleia Municipal da Horta, nas eleições autárquicas, tendo como cabeça de lista Souto Gonçalves, empresário e jornalista.

PSD, CDS-PP e PPM candidatam o deputado Carlos Ferreira à Câmara da Horta.

O Bloco de Esquerda apresenta como primeira candidata à Câmara Municipal Aurora Ribeiro. A apresentação da candidatura decorreu na noite desta quinta-feira, com a participação do coordenador regional António Lima. Mário Moniz é o primeiro candidato do Bloco à Assembleia Municipal.

© Lusa | Foto: CDU/A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s