FINALMENTE VOLTEI AO PICO…

Fernando Mendonça

Cinquenta e três anos depois de ter conhecido a Ilha do Pico, voltei de novo (desta vez com minha neta Mariana) para matar algumas saudades do passado e também desfrutar da sua bonita paisagem, onde o Pico mais alto de Portugal, majestosamente nos aparece a cada passo que damos e, a vinha no seu tom verde, enfeita a lava que predomina na quase plenitude daquela Ilha Montanha!

Fiquei deveras encantado com a boa conservação das estradas e a limpeza das suas bermas! As piscinas naturais que predominam a quase cada canto da Ilha, a limpidez das suas águas, a manutenção das mesmas e as extraordinárias instalações de apoio, tanto de duches como de local de mudas. Depois! Há na verdade o respeito das pessoas pela boa apresentação de todas essas estruturas! Ninguém parte, ninguém suja… Parabéns Picoenses! Na verdade, quem gosta de se banhar nas águas límpidas deste nosso mar, recomendo que vá ao Pico…

Entretanto, como o Pico não é só mar que consola o corpo, tem também algo que nos regala a vista! São as baleias, que por lá surgem e os golfinhos às dezenas para não dizer às centenas, que cercaram o barco semi rígido que me transportava com outras 23 pessoas, como se quisessem graciosamente nos saudar!

A idade e as forças, já não me permitiram subir a sua belíssima montanha, mas o encanto da paisagem e de tudo o que atrás referi, me levaram a pensar, que se tiver saúde e a coisa calhar… ainda volto lá outra vez!

Fernando Mendonça*
(*) Por opção, o autor rejeita o AO90.

Fotos: © Fernando Mendonça

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s