VELAS: CANHÃO DO “FORTE DAS LADEIRAS” REGRESSA ÀS ORIGENS

O Museu de Angra do Heroísmo e o Município de Velas acordaram em fazer regressar à ilha de São Jorge pelo menos um dos primitivos canhões que nos finais da década de 60, do último século, foram enviadas para a ilha Terceira, revelou hoje o Município jorgense.

De acordo com a nota do município presidido por Luís Silveira, esta decisão vem “no seguimento de um processo que dura há anos, em que o Município após conclusão da obra da 1ª Fase de Reabilitação Urbana da Vila, a qual incidiu sobretudo no Centro Histórico, e onde foi recuperada a base do Forte das Ladeiras, sito na Rua das Caravelas, por cima da Marina de Velas”.

Após esta reabilitação, o Município desenvolveu “inúmeras as diligências” no sentido de “fazer regressar a São Jorge pelo menos um dos antigos canhões que foram enviados há décadas para a Terceira pelo então Presidente do Município Eng. Fernando Mesquita, em finais dos anos 60 e que hoje integram o espólio do Museu de Angra do Heroísmo”.

Em resultado destas diligências, a Direção Regional da Cultura, revela a nota, “acedeu ao pedido do Município, garantindo o regresso do Canhão a colocar no antigo Forte”.

Este regresso contribuirá, diz a nota, “para a dinamização da Rota Turística a criar pelo Município, denominada «Vivências da Nossa Terra»”.

© CMV | Foto: CMV | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s