DEPUTADOS DO PSD/AÇORES PEDEM “REUNIÃO URGENTE” COM ADMINISTRAÇÃO DO MONTEPIO GERAL DEVIDO AO ENCERRAMENTO DE BALCÕES

O grupo parlamentar do PSD/Açores solicitou uma “reunião urgente” com o conselho de administração do banco Montepio Geral devido ao encerramento dos balcões daquela instituição bancária na Lagoa, São Roque do Pico e Maia.

“O recente anúncio de encerramento de balcões do banco Montepio Geral gerou preocupação junto das várias populações afetadas, a qual é partilhada pelos deputados do PSD/Açores”, afirmaram os social-democratas em nota ontem enviada às redações.

Segundo os parlamentares, “a atividade económica, a existência de serviços de proximidade e a própria fixação das populações ficam negativamente prejudicadas, sendo que, no caso da freguesia da Maia, no concelho da Ribeira Grande, a população fica totalmente privada de serviços bancários”.

Por isso, o grupo parlamentar do PSD/Açores solicitou, com urgência, uma reunião com os responsáveis do Montepio Geral, “com o objetivo de sensibilizar aquela instituição bancária para as consequências que esta decisão trará às populações afetadas”.

Na nota enviada as redações, os deputados do PS/Açores apelaram ainda às “entidades regionais e locais para que, apesar de não possuírem quaisquer competências em matéria de supervisão bancária, exerçam também a sua influência junto do Montepio Geral de modo a reverter a situação”.

Paulo Moniz questiona exclusão da Universidade dos Açores de candidaturas individuais ao PRR

Já em Lisboa, o deputado do PSD/Açores na Assembleia da República Paulo Moniz questionou ontem o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior sobre a exclusão da Universidade dos Açores das candidaturas individuais de Estabelecimentos de Ensino Superior aos programas ‘Impulso Jovens STEAM’ e ‘Impulso Adultos’, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

“De acordo com a Componente 6 do PRR, ‘só podem candidatar-se individualmente instituições de ensino superior com mais de cinco mil estudantes em 2020’”, o que pressupõe a exclusão da Universidade dos Açores”, afirmou o social-democrata, em pergunta escrita enviada à tutela, citado em nota do gabinete de imprensa do PSD/Açores.

Para Paulo Moniz, justifica-se “uma discriminação positiva à Universidade dos Açores, devido às suas características arquipelágicas e de tripolaridade, que permita a sua candidatura individual aos programas ‘Impulso Jovens STEAM’ e ‘Impulso Adultos’”.

Paulo Moniz perguntou, por isso, à tutela se “confirma que a Universidade dos Açores não se enquadra nos critérios de acesso aos programas ‘Impulso Jovens STEAM’ e ‘Impulso Adultos’ e ao pacote de 272 milhões de euros integrados no PRR, não podendo fazer uma candidatura individual como estabelecimento de ensino superior por ter menos de 5.000 alunos, não se sabendo também se sequer há critérios para associação de consórcio regional ou nacional”.

“A haver consórcios entre universidades, estes far-se-ão por área científica ou apenas por uma questão matemática para atingir o mínimo de 5.000 alunos?”, questionou.

“O PRR é o instrumento central e decisivo para a recuperação económica e afirmação das instituições europeias, onde se incluem as de ensino superior e, no caso, a Universidade dos Açores. Além disso, os fundos incluídos no PRR são complementares e, por conseguinte, adicionais aos financiamentos e apoios já consagrados ao ensino superior”, frisou.

“Seria avisado e alinhado a Universidade dos Açores ser positivamente discriminada e ver o acesso aos fundos do PRR majorados, como contrapeso a todas as dificuldades de contexto com que historicamente se confronta a academia açoriana”, disse.

O parlamentar social-democrata açoriano lembrou também que a Universidade dos Açores “desenvolveu profunda reflexão estratégica e planos estratégicos futuros contando com os importantes instrumentos financeiros constantes do PRR”.

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República questionou ainda para “quando estará concluído, assinado e em vigor o contrato que permitirá o financiamento da Universidade dos Açores ainda em 2021 e nos anos subsequentes até 2023, conforme anunciado publicamente, já por várias vezes pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior”.

© GI-PSD/A | Fotos: GI-PSD/A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s