CÂMARA DA HORTA APOSTA NA REQUALIFICAÇÃO DAS ZONAS BALNEARES DO CONCELHO

A Câmara Municipal da Horta está a investir na requalificação das zonas balneares da ilha do Fail, com vista a criar uma rede concelhia de zonas balneares e valorizá-las como espaços de atração turística e de lazer, foi hoje revelado.

De acordo com a nota de imprensa do município, para a concretização deste objetivo, para além do planeamento a realizar do ponto de vista da arquitetura paisagística, com projetos a serem discutidos com as Juntas de Freguesia do concelho, foram também assinadas, na passada semana, parcerias locais, no âmbito do fundo próprio para investimento, criado pela autarquia, no sentido de reforçar os apoios às Freguesias.

Nesse contexto, a CMH revela que conta “transferir, em 2021, cerca de 13 mil euros, para melhoramentos a realizar nas zonas balneares da Ribeirinha e do Salão”. Para além daqueles projetos, a Câmara Municipal informa que “está, igualmente, a desenvolver projetos mais amplos de valorização decorrentes de um levantamento prévio de necessidades”.

O Município revela também que estão “em fase avançada de projeto para futuramente serem objeto de uma participação pública das instituições locais, estarão os projetos de valorização das zonas balneares da Feteira, da Praia do Almoxarife, de Pedro Miguel e da Ribeirinha”.

“Estas são zonas muito sensíveis, onde qualquer intervenção pode ter um impacto ambiental e paisagístico, pelo que importa pensar um projeto agregador e identificador da nossa ilha com todas as questões de segurança asseguradas”, diz José Leonardo Silva, presidente da edilidade citado na nota, declarações proferidas no seguimento de uma visita às zonas balneares da Ribeirinha e do Salão, onde esteve acompanhada pelos executivos da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia.

Na ilha do Faial existem sete zonas balneares identificadas e 12 locais de banhos. Este ano foram contempladas com a Bandeira Azul da Europa as zonas balneares de Almoxarife, Castelo Branco, Varadouro, Porto Pim e ainda a Marina da Horta.

A Bandeira Azul da Europa é um símbolo de qualidade atribuído anualmente às praias e marinas que se candidatam e que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utilizadores e de informação e sensibilização ambiental.

Ao todo são necessários 32 requisitos para que uma zona balnear possa hastear o galardão atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa.

Este ano foram atribuídas aos Açores 50 bandeiras azuis (45 em zonas balneares e 5 em marinas) distribuídas por 11 concelhos.

© CMH | Foto: CMH | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s