25 DE ABRIL: DIA DA FREGUESIA DE SÃO BRÁS

A freguesia de São Brás, concelho da Praia da Vitória, assinala hoje, 25 de abril, o Dia da Freguesia. No âmbito destas comemorações foi inaugurado o Centro Interpretativo de Cultura Rural do Ramo Grande e a Remodelação da Sala de Espetáculos da Sociedade Filarmónica União de São Brás.

Desmembrada da freguesia das Lajes, a localidade de São Brás adquiriu o estatuto de freguesia através do Decreto-Lei n.º 38.173 de 17 de fevereiro de 1951, o qual determinava como limites geográficos, a “norte, canada do Camareiro, em linha ao prédio de Manuel Gonçalves Leonardo, deste ao Pulo da Ribeira da Areia, do Rossio ao prédio de Luís Gonzaga Martins e estrada dos Lourais, incluindo Chafariz; Sul, Barraca, baldios, prédio de Pedro Parreira, inclusive, até à Ribeira dos Pães; Nascente, estrada dos Lourais a Cruz da estrada das Covas, fonte da Ribeira dos Pães, Canada do Picão ao marco camarário, Canada do José Ribeiro à Ribeira dos Pães até à Barraca; Poente, do Prédio de Pedro Parreira à Ribeira dos Tenentes, Canto do Cavalo, Canada do Capitão-Mor, Terreiro do Inglês, metade da Canada de António Simões até à Canada do Camareiro”.

O Povo de São Brás celebrou a elevação a freguesia no dia 25 de março seguinte — domingo da Ressurreição desse ano de 1951. Na celebração popular marcaram presença autoridades civis de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória.

Mais tarde São Brás foi promovido a Paróquia Eclesiástica por Provisão do Bispo diocesano, D. Manuel Afonso de Carvalho, em 1 de março de 1958.

No centro da aspiração e reivindicação do lugar de São Brás a freguesia própria do concelho da Praia da Vitória está o padre Alfredo Alves Lucas, hoje, unanimemente reconhecido como o “Pai de São Brás”.

O padre Alfredo Alves Lucas nasceu nos Biscoitos a 27 setembro 1911, tendo sio ordenado sacerdote em 11 de novembro de 1934. Foi Cura de S. Bartolomeu donde transitou para S. Brás em 18 de dezembro de 1938. Faleceu a 25 de abril de 1980 depois de 42 anos dedicados à freguesia de São Brás. Foi com os seus esforços que o então curato de São Brás se tornou freguesia e mais tarde paróquia. Também é de sua iniciativa o cemitério local benzido em 1948.

São Brás muito deve ao padre Alfredo Alves Lucas, e em forma de agradecimento e para que a sua memória nunca se apague a Junta de Freguesia de São Brás erigiu-lhe um busto no adro da Igreja e deu o seu nome à rua que atravessa a freguesia, além de instituir como dia oficial da freguesia a data de calendário do seu perecimento.

A freguesia de São Brás, fica localizada no concelho da Praia da Vitoria e confronta com as freguesias de Fontinhas, Vila Nova, Agualva, Lajes (concelho da Praia da Vitória) e São Sebastião (concelho de Angra do Heroísmo).

Segundo os últimos Censos (2011), São Brás possuía uma população de 1.088 pessoas, sendo 58,3% da faixa etária entre os 25 e os 64 anos. As principais atividades produtivas desta freguesia são a agricultura e a pecuária.

Em termos de parque habitacional São Brás é marcadamente influenciado pela dita arquitetura do “Ramo Grande”, com belíssimos exemplares em excelente estado de conservação.

© PE | Foto: GC-MPV

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s