VASCO CORDEIRO ELEITO PRESIDENTE DA NOVA CEVERA

O presidente do PS/Açores e líder da bancada parlamentar, Vasco Cordeiro, foi eleito ontem presidente da nova Comissão Eventual para o Aprofundamento da Autonomia (CEVERA), a qual destina-se a dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos pela anterior na última legislatura.

Aprovada por unanimidade no plenário da Assembleia Regional de fevereiro, a nova CEVERA foi instalada na manhã de ontem, e conta com a representação de todos os partidos com assento parlamentar.

“Este é um momento importante e significativo não só para o Parlamento dos Açores, mas para a nossa Autonomia, para o nosso sistema de autogoverno e é por isso que manifesto total confiança no trabalho da Comissão”, referiu Vasco Cordeiro, na apresentação da iniciativa, citado numa nota de imprensa do partido.

De acordo com a mesma, para o ex-presidente do Governo Regional, a nova comissão não será “apenas uma continuação da CEVERA”, dado que a nova configuração do parlamento regional é diferente e exige que se dê aos novos partidos com assento parlamentar “a oportunidade de confirmar as opções que foram assumidas no passado”.

A revisão constitucional, a abolição da limitação dos partidos políticos regionais, a reforma do nosso Estatuto e a reforma da Constituição, mas também as questões relacionadas com os poderes da Região quando confrontada com circunstâncias como a da crise pandémica que se vive, ou em geral, situações de emergência sanitária, serão algumas das matérias sobre as quais esta Comissão Eventual se irá debruçar.

A nova CEVERA presidida por Vasco Cordeiro é composta por 13 Deputados, sendo 4 do PS, 3 do PSD, 1 do CDS-PP, 1 do CHEGA, 1 do BE, 1 do PPM, 1 do Iniciativa Liberal e 1 do PAN, que terão o prazo de um ano para apresentar um relatório ao Plenário da Assembleia Legislativa.

No momento da sua instalação, Luís Garcia, presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, sublinhou “o entendimento político alcançado pelos Grupos e Representações Parlamentares”, que permitiu “a célere criação” da CEVERA.

Luís Garcia congratulou os deputados e enalteceu “a pronta disponibilidade para o compromisso manifestada por todos os partidos com assento parlamentar”, que permitiu “ultrapassar a complexidade do atual quadro político” e aprovar por unanimidade a criação desta Comissão Eventual, respondendo assim “num curto espaço de tempo” ao repto lançado aquando do seu discurso na Tomada de Posse do XIII Governo Regional dos Açores.

Recorde-se que, nessa intervenção, Luís Garcia defendeu a necessidade de “não descurar a importância de completar a reforma da Autonomia”, iniciada na legislatura anterior, e instou os deputados açorianos a “retomar esse processo, agora até com mais premência”, tendo em conta as fragilidades do sistema autonómico que atual crise pandémica revelou.

© GI-PS/A – ALRAA | Foto: GI-PS/A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s