GOVERNO ADQUIRE CINCO MIL NOVOS EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS PARA AS ESCOLAS

A secretária regional da Educação anunciou hoje que o Governo vai adquirir quatro mil computadores portáteis e mil tablets para todas as escolas da Região, “mais do que duplicando o material existente neste momento nos estabelecimentos de ensino público dos Açores”.

No âmbito dos trabalhos parlamentares da Assembleia Legislativa Regional, que decorrem por videoconferência, Sofia Ribeiro referiu que no ano letivo anterior, “as escolas dispunham de apenas 1.585 computadores para uso exclusivo dos alunos, sendo que 317 destes eram considerados como não estando em bom estado”.

Segundo adiantou, nesse ano, foram disponibilizados pelas escolas 1.920 portáteis, utilizados no âmbito do Projeto Atelier do Código, tendo sido adquiridos outros 500.

Sofia Ribeiro esclareceu também que, no total, “o número de computadores disponíveis em bom estado é inferior a 4.000”, destacando o “esforço das autarquias, de todos os espectros políticos”, na aquisição complementar destes equipamentos.

A titular da pasta da Educação sugeriu a criação de uma comissão de trabalho no parlamento, para “auscultar quem efetivamente está no terreno e conhece as especificidades do modelo de implementação do ensino a distância, que possa dar orientações relativamente à definição dos critérios reais e adequados para constituir um modelo de avaliação”.

De acordo com a governante, na próxima semana, as escolas que reabrem vão promover uma avaliação do ensino a distância nos Açores, na sequência do que foi anunciado quando elaborado o guião desta modalidade de ensino pela Secretaria Regional e pelos Conselhos Executivos das escolas da Região.

Sofia Ribeiro anunciou ainda que a tutela está já a trabalhar para garantir “formação em literacia digital para os alunos, professores e encarregados de educação”, a par da aquisição dos novos equipamentos “imprescindíveis para garantir que os alunos consigam também desenvolver pensamento computacional”.

Em discussão no parlamento açoriano estava a proposta do Bloco de Esquerda para garantir o acesso a equipamentos informáticos para os alunos em ensino a distância e para a realização de um estudo sobre o impacto desta modalidade de ensino durante a pandemia.

© GRA | Foto: DR | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s