TERMINAL DE CARGA DA AEROGARE CIVIL DAS LAJES SERVIRÁ A TERCEIRA E A REGIÃO, AFIRMA ANA CUNHA

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas visitou hoje as obras de construção do novo Terminal de Carga da Aerogare Civil das Lajes, na Terceira, para se inteirar do andamento desta empreitada.

Ana Cunha adiantou que o novo terminal vai disponibilizar “uma capacidade de armazenamento de frio muito significativa, que poderá servir os exportadores da ilha”, considerando que esta é “uma das grandes diferenças” em relação ao que existe atualmente na Aerogare Civil das Lajes.

Para a titular da pasta dos Transportes, a importância deste novo terminal será “ditada pelo uso que os empresários lhe derem”.

“O Governo dos Açores apostou na construção desta infraestrutura porque entende que existe uma necessidade real de termos uma infraestrutura dedicada exclusivamente à carga, aqui no Aeroporto das Lajes, com condições modernas, com condições, por exemplo, de armazenamento frigorífico, que antes não existiam”, frisou.

Ana Cunha salientou que os empresários da Terceira e dos Açores, “porque esta infraestrutura está ao serviço desta ilha e da Região”, devem tirar partido deste terminal, “no sentido de potenciar as condições que aqui são criadas”.

Com o novo Terminal de Carga será possível disponibilizar condições adequadas para o armazenamento de produtos frescos, nas três câmaras de frio dedicadas à exportação e nas duas câmaras dedicadas à importação.

A mais-valia deste terminal passa também, segundo Ana Cunha, por “toda a condição que é dada aos transitários que vão operar com o terminal e também a receção aos clientes, que fica completamente isolada daquele que é o terminal de passageiros, o que também é uma vantagem”.

Inicialmente prevista para estar concluída a 31 de agosto, foi solicitada pelo empreiteiro uma prorrogação do prazo para a conclusão da empreitada do Terminal de Carga, estando agora o término da obra previsto para novembro.

“Essa prorrogação é uma segunda prorrogação. Foi fundamentada, em parte, por alguns dos constrangimentos que foram sentidos na sequência da situação de isolamento que todos vivemos a partir de março” e “prende-se com o atraso de algum fornecimento de materiais e com a deslocação de algumas equipas de subempreiteiros, necessárias à conclusão da obra do terminal de carga”, frisou Ana Cunha, acrescentando que este “não é um atraso muito significativo”.

Representando um investimento de mais de 4,5 milhões de euros, o novo Terminal de Carga da Aerogare Civil das Lajes terá uma área específica para os agentes transitários, uma zona dedicada aos correios e uma zona de tratamento de carga, com cinco câmaras frigoríficas.

© GaCS/HB | Fotos: GaCS/SRTOP | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s