PPM ACUSA GOVERNO DE “DESLEIXO E NEGLIGÊNCIA” NO PORTO DE PONTA DELGADA, NA ILHA DAS FLORES

O Partido Popular Monárquico (PPM) acusa o Governo socialista de estar em “absoluta decomposição”, onde nada “é devidamente planificado” e “nada funciona”. Em causa está, segundo nota do PPM hoje enviada às redações, as condições do Porto de Ponta Delgada, na ilha das Flores, nomeadamente no que diz respeito à inoperacionalidade da respetiva Grua.

“Depois da destruição do Porto das Lajes das Flores e dos enormes estragos causados às embarcações, mercadorias e às diversas infraestruturas aí existentes, depositadas ou abrigadas, era expectável que o Governo Regional socialista tivesse, no mínimo, aprendido a lição. Ou seja, que melhorasse a planificação no sentido de diminuir os efeitos das tempestades que assolam as diversas ilhas”, lê-se na referida nota.

“Que sentido de responsabilidade evidencia o facto da grua do porto de Ponta Delgada estar inoperacional há largos meses?”, interroga o PPM, para colocar nova questão: “Não percebe o Governo Regional que constitui um ato de profunda negligência deixar que a única grua do porto permaneça inoperacional durante qualquer época do ano, em especial no outono e no inverno, tendo em conta a agitação marítima associada aos fenómenos climáticos mais graves, que assolam com cada vez mais frequência os Açores?”.

Ainda segunda a mesma nota, a representação parlamentar do PPM foi alertada para esta situação pelo cabeça de lista do partido pelo círculo eleitoral das Flores às próximas eleições legislativas regionais, Gustavo Alves, que informou também, que questões antigas como a iluminação ainda não se encontram resolvidas.

Para o PPM, “a inoperacionalidade da grua instalada no porto, num momento em que se aproxima do Grupo Ocidental uma tempestade tropical, obrigará à transferência dos navios aí abrigados para o porto de Santa Cruz, no sentido de aí serem varados. Os respetivos atrelados também serão transferidos para completar a operação”.

Assim, mesmo em época pré-eleitoral, a representação parlamentar do PPM irá chamar à Comissão de Economia da Assembleia Legislativa dos Açores, a secretária regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha, pois diz o PPM, “o Governo Regional deve continuar a governar e o Parlamento a fiscalizar a sua ação”.

Foto: © DR | PPM/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s