FORÇA AÉREA RESGATA JOVEM DURANTE PROVA DE CAIAQUE EM ANGRA DO HEROÍSMO

A Força Aérea foi ativada para resgatar uma jovem de 16 anos que desapareceu durante uma prova de caiaque, em Angra do Heroísmo, no passado sábado, dia 15 de abril.

O resgate foi assegurado pela tripulação de alerta dos Açores através de um helicóptero EH-101 Merlin que chegou ao local das buscas pelas 18H10, após ter sido dado o alerta do desaparecimento da jovem. O resgate da vítima ocorreu pelas 18H27.

Após ter sido localizada e recuperada, a jovem – que apresentava ligeiros sinais de hipotermia – foi levada para a Base Aérea N.º 4, nas Lajes, onde aguardava uma ambulância que a transportou para uma unidade hospitalar.

A operação foi ativada pelo Centro Coordenador de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes e coordenada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada, da Marinha.

Ao final do dia, um helicóptero EH-101 Merlin, agora da tripulação de alerta na Base Aérea N.º 6, no Montijo, foi ativado para uma missão de busca e salvamento em Vila Real de Santo António por uma pessoa desaparecida enquanto praticava paddel.

A Força Aérea tem atribuída uma área de busca e salvamento no mar de 5.816.562 km², o equivalente a mais de metade do território europeu, representando a segunda maior área de responsabilidade do Atlântico Norte.

Ao longo da sua existência, a Esquadra 751 – “Pumas” conta com mais de 5000 vidas salvas, em mais de 60 mil horas de voo, divididas pelos helicópteros SA-330 Puma e EH-101 Merlin.

© FAP | Imagem: FAP | Vídeo: FAP | PE

Advertisement