ASSINADO PRIMEIRO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE CUIDADOS NO ÂMBITO DO PROGRAMA “NOVOS IDOSOS”

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, e o Vice-Presidente do Governo, Artur Lima, estiveram ontem, em Ponta Delgada, na assinatura do primeiro contrato de prestação de cuidados no âmbito do programa “Novos Idosos”, que garantirá à família açoriana abrangida um Natal mais feliz, numa verdadeira “mudança de paradigma” na área social.

“Hoje é um dia de enorme alegria. Estamos a concretizar uma estratégia inovadora do Governo” e esta terá já um “Natal diferente” e “mais feliz, porque mais apoiado”, sublinhou José Manuel Bolieiro.

As Instituições de enquadramento integradas no programa, nesta fase, são o Lar Luís Soares de Sousa, em Ponta Delgada e o Lar D. Pedro V, na Praia da Vitória – sobre o lar de Ponta Delgada, foram já homologados os 50 idosos que vão beneficiar do programa em São Miguel (o mesmo número que na Terceira), num total de “35 mulheres e 15 homens, e uma média de idades de 81 anos”, adiantou o Presidente do Governo.

“Fica um agradecimento aos nossos parceiros, a saudação às famílias beneficiárias e a nossa consciência tranquila que estamos a fazer bem o que precisa de ser feito”, prosseguiu o governante.

A idosa abrangida pelo primeiro contrato de prestação de cuidados apresenta dependência para a realização das atividades da vida diária, tendo-se construído, com a família, um plano que contempla os serviços identificados como mais necessários: estimulação cognitiva, vigilância e acompanhamento, confeção e toma das refeições, assistência na toma da medicação, higiene habitacional e tratamento de roupa, deslocação para tarefas pessoais e serviços da comunidade.

Foi indicado como cuidador domiciliário a sua filha e estabelecido o apoio mensal de 948 euros, para compensação das horas necessárias para os cuidados propostos.

O programa “Novos Idosos” visa implementar uma resposta de proximidade, que permita aos idosos continuarem a viver em casa e na comunidade, ao longo do tempo, com segurança e de forma independente, através da conceção e execução de um Plano Individual de Cuidados (PIC), beneficiando da atribuição de um apoio financeiro mensal de até 948 euros, para assegurar os serviços e auxílios necessários à realização das atividades básicas e instrumentais da vida diária.

É apresentado nesta fase como projeto-piloto com o objetivo de assegurar uma resposta de proximidade diferenciada, que permita aos idosos continuarem a viver em sua casa e na sua comunidade ao longo do tempo, com segurança, através da conceção e execução de um Plano Individual de Cuidados (PIC), beneficiando da atribuição de um apoio financeiro mensal.

Esta medida é apoiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no valor de 4.550.400,00 euros, até ao ano de 2025.

“Estamos a dar um bom exemplo à própria União Europeia, com ter mais solidariedade intergeracional”, concretizou José Manuel Bolieiro.

© GRA | Foto: MM | PE