PRESIDÊNCIA DO GOVERNO ASSOCIA-SE ÀS JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO

A Presidência do Governo Regional dos Açores associa-se às Jornadas Europeias do Património 2022, abrindo ao público o jardim do Palácio de Sant’Ana, em Ponta Delgada, nos dias 23, 24 e 25 de setembro, em acesso livre, no seu horário habitual de funcionamento, das 10h00 às 16h00.

O jardim, mandado plantar pelo seu primeiro proprietário, o morgado José Jácome Correia (1816-1886), teve como autor do projeto o jardineiro escocês Peter Wallace, então residente em Ponta Delgada, tendo sido concretizado entre 1850 e 1857.

Preservando ainda hoje o espírito original do seu desenho vitoriano, é um testemunho vivo e emblemático da história da arte dos jardins, com uma coleção botânica de referência, onde se destaca o monumental metrosidero (Metrosidero excelsa) –  árvore originária da Nova Zelândia – que atinge um diâmetro de copa de cerca de 40 metros, e, ainda, uma figueira da Austrália (Ficus macrophylla), melaleucas (Melaleuca armillaris, Melaleuca linariifolia e Melaleuca styphelioides) e araucárias (Araucaria bidwillii, Araucaria columnaris e Araucaria heterophylla), entre outros espécimes.

Os muros do jardim têm um extenso revestimento de azulejos policromados com brasões da família proprietária e alguns pavilhões artísticos em madeira. Perto do arruamento nascente está colocada a escultura “Parar o tempo” (2009), em ferro, de Rui Chafes, um dos mais importantes escultores portugueses contemporâneos.

O jardim, junto com o palácio, está classificado como Monumento Regional desde 1984.

As Jornadas Europeias do Património 2022 são subordinadas ao tema Património Sustentável.

Este tema convida-nos a explorar que medidas podem ser tomadas para proteger o rico e diversificado património cultural europeu no contexto das alterações climáticas e da degradação ambiental. O foco estará no papel ativo das comunidades e do património no processo de construção de um futuro mais sustentável e resiliente.

As Jornadas Europeias do Património são uma iniciativa conjunta do Conselho da Europa e da Comissão Europeia.

© GRA | Foto: GRA | PE