GOVERNO REGIONAL APOIOU PROJETOS NAS ÁREAS DA EMIGRAÇÃO COM MAIS DE 45 MIL EUROS

O Governo Regional dos Açores atribuiu este ano mais de 45 mil euros em apoios a projetos promovidos nas áreas da emigração, imigração e intercâmbio escolares com as comunidades açorianas.

Numa nota de imprensa divulgada quarta-feira no portal oficial, a presidência do Governo Regional informa que estes valores foram repartidos por cerca de quatro dezenas de projetos oriundos do Brasil, Estados Unidos da América (EUA), Canadá, Bermuda, Açores e Portugal continental.

Os montantes foram atribuídos no âmbito do sistema de apoios da Direção Regional das Comunidades.

Segundo a Direção Regional das Comunidades, a portaria destinada à concessão de apoio às atividades desenvolvidas nas áreas das comunidades emigradas e regressadas, “foi a mais procurada, tendo reunido 32 candidaturas”.

Entre elas estão projetos para intercâmbios sociais e culturais entre associações e grupos dos Açores e da sua diáspora, apoio à realização de conferências, colóquios, exposições e festivais que promovam a cultura açoriana nas comunidades.

Há também projetos para investigações e que visam a integração social dos emigrantes, assim como estudos e pesquisas em áreas como a genealogia.

Os projetos integram ainda a realização de eventos que divulguem e preservem manifestações marcadamente açorianas, como é o caso das Grandes Festas do Divino Espírito Santo de Nova Inglaterra, nos EUA e lançamento de livros.

No caso da portaria, para apoiar atividades na área da imigração, o Governo açoriano adianta que “foram apresentadas quatro candidaturas”, que abrangem projetos dedicados à edição e publicação de livros, realização de espetáculos musicais e narração de histórias e de contos tradicionais de diversas origens culturais.

No âmbito da portaria, que estabelece os apoios para intercâmbios escolares entre estabelecimentos de ensino da Região e das comunidades, foi abrangido um projeto oriundo da Universidade de Massachusetts – Lowell.

Segundo a Direção Regional das Comunidades, este projeto contempla uma visita de estudo às ilhas de São Miguel, São Jorge, Pico e Faial, de um grupo de 12 alunos do curso de fotografia do departamento de Arte e Design da Universidade de Massachusetts – Lowell.

“Este projeto tem como objetivo documentar, através de texto e imagem, histórias sobre o último grande fluxo de emigração açoriana para a região da Nova Inglaterra, nos EUA, iniciado em finais da década de 1950”, explica a presidência do Governo Regional.

© Lusa | Imagem: DRC | PE