PRAIA DA VITÓRIA: DÍVIDA DO GRUPO MUNICIPAL CRESCEU 18,43 % EM 2021

O passivo total do Grupo Municipal da Praia da Vitória cifrou-se, no final de 2021, em 27.038.054,52 euros, mais 4.207.712,53 euros do que os valores contabilizados no final de 2020 (22.830.341,99 euros), representando um crescimento de 18,43 %.

A informação foi prestada segunda-feira, 27 de junho, pela presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, aos membros da Assembleia Municipal, em sessão ordinária que decorreu na Casa do Povo das Quatro Ribeiras.

Considerando ainda o Balanço Consolidado de 2021, verificou-se um crescimento do ativo de 1,8%, que se traduz num incremento de 90.110.362,98 euros em 2020, para 91.714.220,49 euros em 2021, no valor de 1.603.857,51 euros.

As contas Consolidadas do Grupo Municipal agregam as contas individuais da Câmara Municipal, da empresa Praia Ambiente e da Cooperativa Praia Cultural.

Citada em nota, a presidente da Câmara, destacou que “o valor da dívida verificada em 2021 é, naturalmente, preocupante e grave, sendo um entrave à sustentabilidade financeira desta Câmara Municipal. Estamos a tentar, e no âmbito do universo municipal, reforçar o desenvolvimento do concelho, uma prioridade nossa e que apesar da dívida verificada, não está de todo descurada. O investimento é necessário, estamos cientes disso, apenas este terá de ser, infelizmente, mais calculado”.

“Neste momento, enquanto autarcas e com o apoio dos nossos colaboradores, existe um esforço financeiro e uma ampla contenção a nível municipal, no sentido de contribuir para a sustentabilidade económica, o que se traduz no reforço da execução orçamental. O equilíbrio financeiro é necessário, estamos a trabalhar para contribuir para o mesmo. Não poderia ser de outra forma”, referiu ainda a edil.

© GC-CMPV | Foto: CMPV | PE