GRÉMIO DAS 9: “O REGRESSO DO FILHO PRÓDIGO: NEMÉSIO A DESCOBERTO”, POR CLÁUDIA CARDOSO

A Galeria do Instituto Açoriano de Cultura acolhe na próxima quinta-feira, pelas 21:00, no âmbito da iniciativa “Grémio das 9”, a palestra “O Regresso do Filho Pródigo: Nemésio a Descoberto”, por Cláudia Cardoso.

A ligação à ilha genesíaca de um autor como Vitorino Nemésio condenavam-no a regressar, por mais distante que dela se encontrasse, à Terceira da sua juventude “apartada” da cidade Natal, à Angra do seu contentamento, à eterna Praia da reclusão voluntária. E esse fio de saudade constitui o leitmotiv dos seus anos de ilhéu fora de água. Em tudo o que escreveu, e em muito do que fez, colocou a ilha no cerne das suas inquietações. Seria menos universal por isso? Ou seria o “ovo bicado e quente” do berço o ninho da vastidão da sua personalidade e da sua obra?

Cláudia Cardoso nasce a 23 de novembro de 1973, em Angra do Heroísmo. Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas (variante de Português/Inglês), e pós-graduada em Cultura e Literatura Portuguesas, pela Universidade dos Açores. Mestre em Estudos Culturais e Inter-artes, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Foi professora do ensino secundário e do ensino profissional entre 1996 e 2000. Delegada sindical pelo SPRA. Deputada à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores entre 2000 e 2016. Nestas funções exerceu os cargos de Presidente da Comissão Permanente de Assuntos Sociais, membro da Comissão Permanente da Assembleia Legislativa Regional, e vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS Açores. Foi também a única mulher vice-presidente do PS/Açores. Integrou o Governo Regional dos Açores como Secretária Regional Adjunta da Presidência do VIII Governo Regional dos Açores, e Secretária Regional da Educação e Formação do XI Governo Regional dos Açores. Desempenha as funções, desde 2016, de Diretora da Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo. Colaboradora da imprensa regional através de crónicas semanais, nomeadamente nos jornais Diário Insular, A União e Açoriano Oriental. Conferencista convidada de palestras, colóquios e apresentação de livros. É autora do livro Por um fio de escrita – 10 anos de crónicas, lançado em 2010 em Angra do Heroísmo.

© IAC | Imagem: IAC | PE