PRESIDENTE DO CONSELHO DE AMINISTRAÇÃO DO HOSPITAL DA TERCEIRA DEMITE-SE

O presidente do Conselho de Administração (CA) do Hospital de Santo Espírito da ilha Terceira (HSEIT), José Fernando Gomes, em carta enviada ao secretário regional da Saúde, demitiu-se das suas funções, por considerar não “ter condições” para continuar no cargo, avançou esta sexta-feira, a Antena 1 Açores no Jornal das 18.

De acordo com a rádio pública dos Açores, na missiva dirigida a Clélio Meneses, o até agora presidente do CA do HSEIT, diz que o caso ocorrido com a nomeação da sua esposa para diretora do Departamento de Gestão de Utentes, foi uma situação de “politiquice e oportunismo político”, razão pela qual, apresenta a sua demissão face às acusações de “favorecimento” a que foi sujeito na referida nomeação.

Reiterando que não esteve presente na reunião do CA que procedeu à referida nomeação, e que a nomeada já o fora para o mesmo cargo por anteriores governos do partido socialista, José Fernando Gomes diz que, o que é facto, é que o seu nome acabou por “gerar polémica”, levando mesmo o Presidente do Governo Regional a intervir.

Nessa intervenção, que segundo noticía a Antena 1, ocorreu “na véspera” da nomeada ter renunciado o cargo, José Manuel Bolieiro declarou à comunicação social que a situação era inaceitável e que seria resolvida de imediato.

Depois de ter rejeitado na passada terça-feira, na Comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa dos Açores, onde foi ouvido por requerimento do Bloco de Esquerda na sequência da referida nomeação, a hipótese de demissão por motivo éticos e de transparência, considerando que a mesma era o quadro técnico do hospital com melhores qualificações e experiência para o cargo, o que é facto, agora, é que José Fernando Gomes está de saída cinco meses após nomeação pelo secretário regional com a tutela da Saúde.

Jornal das 18 – Antena 1 Açores – 27.05.2022

© PE | Foto: HSEIT | PE