GOVERNO REGIONAL ELABORA PLANO PARA O BEM-ESTAR ANIMAL

O secretário Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural anunciou sexta-feira, em Angra do Heroísmo, que o executivo vai elaborar um plano para o bem-estar animal que compreenda as vertentes dos animais de produção e dos animais de companhia, com as respetivas distinções e especificidades próprias de cada uma.

Citado em nota do Governo, António Ventura falava na abertura da “Feira Açores dos Animais de Companhia”, uma iniciativa do Governo Regional, em parceria com diversas entidades e associações, que visa realçar a importância do bem-estar animal.

“Para além da legislação já em vigor, é preciso criar-se uma estratégia de longo prazo com um conjunto de preocupações, não só das entidades governativas e do poder local, mas sobretudo da sociedade organizada, desde logo, as associações de proteção animal”, disse o governante, acrescentando que “esses contributos são extremamente importantes” para que se possa “evoluir quer nos cuidados, que nas preocupações a ter com o bem-estar animal”.

“Nos próximos dez anos temos de traçar um caminho e definir as traves-mestras para o bem-estar animal. Já não é possível viver-se em sociedade sem que este tema seja de preocupação pública e política”, acrescentou.

António Ventura destacou ainda o plano para a certificação das explorações pecuárias que o Executivo está a desenvolver.

“O Governo Regional tem criado um conjunto de prioridades em termos de política pública para o bem-estar animal, quer nos animais de companhia, que nos animais de produção e nesse sentido, desde o ano transato, estamos a elaborar um plano para a certificação das explorações pecuárias”, anunciou.

O governante frisou que “os consumidores estão exigentes” e que desta forma se pode “transmitir aos consumidores este nosso respeito histórico relativamente ao modo como tratamos e utilizamos os animais para a sua produção”.

Nesse sentido, como explicou o secretário Regional, estão a desenvolver-se diversos cursos para auditores internos para que, o mais rapidamente possível, se inicie a certificação das explorações pecuárias.

“Queremos ser pioneiros nesta área, queremos dar o exemplo, queremos ser uma Região reconhecida como do bem-estar animal”, destacou.

António Ventura anunciou ainda que os Matadouros de São Miguel e da Terceira obtiveram o certificado “Welfare Quality”, um reconhecimento internacional do cumprimento de todas as práticas relacionadas com o bem-estar animal.

A “1ª Feira Açores dos Animais de Companhia”, que decorre até hoje no Parque Multissetorial da ilha Terceira, tem como objetivo principal realçar a importância do bem-estar animal através de palestras, workshops, demonstrações, desfiles e concursos.

Um evento que, segundo o Secretário Regional, tem uma função didática, pretendendo implementar uma consciência proativa e de conhecimento no que diz respeito ao bem-estar animal, mais concretamente em relação aos animais de companhia.

Esta iniciativa também visa demonstrar à sociedade civil as várias vertentes que estão envolvidas no âmbito dos animais de companhia, nomeadamente os seus cuidados, as várias vocações e as múltiplas interações existentes entre estes e os humanos.

“Com esta mostra queremos contribuir para uma sociedade mais responsável, mais inclusiva e mais respeitadora dos cuidados a ter com os animais”, acrescentou o secretário Regional, adiantando que se pretende ainda alertar para o não abandono, através da sensibilização das camadas mais jovens.

© GRA | Foto: AIC/GRA | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s