PRESIDENTE E VICE DO GOVERNO DOS AÇORES NOS ESTADOS UNIDOS

Os presidente e vice-presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro e Artur Lima, participam no fim de semana, nos Estados Unidos, na celebração dos 30 anos da Casa dos Açores da Nova Inglaterra, foi esta quarta-feira anunciado.

Ambos os governantes vão aproveitar a passagem pelos Estados Unidos para estabelecerem diversos contactos nos estados de Massachusetts e Rhode Island, onde se concentra grande parte da comunidade de origem açoriana, a par da Califórnia.

Estima-se que existem nos Estados Unidos 1,5 milhões de açorianos e seus descendentes.

Na política como nas artes e nas novas tecnologias são várias as figuras de origem açoriana que têm vindo a emergir na sociedade norte-americana.

José Manuel Bolieiro e Artur Lima mantêm no sábado um encontro com dirigentes associativos culturais e sociais e com agentes económicos das comunidades açorianas do estado de Rhode Island, em East Providence, sendo que a tarde está reservada para uma reunião com iguais representantes das comunidades do Estado de Massachusetts, em New Bedford.

O programa dos responsáveis pelo executivo açoriano termina na Casa dos Açores da Nova Inglaterra, em Fall River, com o lançamento do livro sobre a Emigração Açoriana para os Estados Unidos da América (“Volume 1 – De Colombo à Primeira Guerra”), editado pela Associação dos Emigrantes Açorianos.

No domingo, e após contactos com representantes dos órgãos de comunicação social que servem as comunidades açorianas na zona, José Manuel Bolieiro e Artur Lima integram o almoço comemorativo dos 30 anos da Casa dos Açores da Nova Inglaterra.

Em paralelo, será apresentada uma exposição alusiva à emigração açoriana para os Estados Unidos da América.

A Casa dos Açores da Nova Inglaterra (CANI) foi oficialmente fundada como “Casa dos Açores do Estado de Rhode Island”, no estado de East Providence, em 08 de junho de 1982, e teve como primeiro presidente o senador John Correia.

Foi criada com o objetivo de prestar serviços à comunidade onde se encontra inserida nas mais variadas vertentes (oportunidades educacionais, culturais e sociais), bem como o intercâmbio cultural e logístico entre a comunidade açoriana imigrante no sudoeste da Nova Inglaterra e os Açores.

Após um interregno de cerca de oito anos, em 16 de outubro de 1991, Leonardo Oliveira e um grupo de amigos seus conterrâneos reabriram a instituição, já sob a denominação de Casa dos Açores da Nova Inglaterra, sendo o seu primeiro presidente Paulo Bettencourt (1991), seguindo-se José Soares (1993), Mariano Alves (2004) e João Luís Morgado Pacheco (1995 e 2006).

Em 2010, Mário Ventura assumiu a presidência até 2012, altura em que Nélia Alves-Guimarães foi eleita a primeira mulher presidente desta instituição. Em 2018, Francisco Viveiros assumiu a presidência, que ainda exerce atualmente.

© Lusa | Foto: DR | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s