AUTÁRQUICAS 2021: JOANA BETTENCOURT (BE) QUER RESOLVER PARADOXO HABITACIONAL COM CASAS DOS BAIRROS AMERICANOS

A candidata do Bloco de Esquerda à presidência da autarquia da Praia da Vitória acredita que a solução para os problemas de falta de habitação e de preços excessivos do arrendamento no concelho deve passar pela reabilitação das casas dos bairros americanos.

Neste primeiro dia oficial de campanha eleitoral para as Autárquicas 2021, Joana Bettencourt assinalou o abandono daquele bairro com a colocação de uma faixa evidenciando um paradoxo: “Tanta casa sem gente, Tanta gente sem casa”.

Na verdade, nos popularmente denominados bairros dos americanos estão mais de 400 de moradias abandonadas há vários anos, em consequência da última redução do contingente militar norte-americano estacionado na Base das Lajes, que a candidatura autárquica do BE na Praia da Vitória, diz que “podem ser destinadas à criação de uma bolsa de habitação pública, que pratique preços de arrendamento abaixo da média do concelho”.

Joana Bettencourt, citada em comunicado de imprensa hoje enviado às redações, salienta que “existem muitas famílias que nem reúnem condições para obter crédito junto dos bancos, nem cumprem os critérios definidos para aceder a habitação social”, e afirma que a “criação de um sistema de arrendamento a preços acessíveis recorrendo a moradias destes bairros pode dar uma resposta concreta às famílias que estão nesta situação”.

Esta medida, acrescenta a bloquista, “pode contribuir para fixar população no concelho e procurar contrariar os dados preocupantes relevados pelos Censos realizados este ano, que demonstram que a Praia da Vitória continua a perder população”.

Joana Bettencourt lembrou ainda que o parlamento dos Açores aprovou, em julho de 2019, uma proposta do Bloco de Esquerda que determinava que uma parte dos antigos bairros americanos “Beira-Mar” e “Nascer do Sol” seriam destinados a habitação social e ao arrendamento com valor inferior à média praticada na ilha Terceira.

“Numa primeira fase seriam recuperadas 20 habitações com essa finalidade, e o número iria aumentar anualmente, de acordo com as necessidades habitacionais da ilha Terceira”, recordou.

No entanto, Joana Bettencourt lamentou que esta medida nunca tenha sido cumprida, “nem pelo anterior governo regional, nem pelo atual”, e garantiu que enquanto autarca irá reivindicar a concretização desta resolução do parlamento.

© GI-BE/A | Foto: BE/A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s