VIAGENS INTER-ILHAS ATÉ 60 EUROS COM REFORÇO DE 41 VOOS ATÉ FIM DE AGOSTO

A operação aérea inter-ilhas dos Açores vai ter um reforço de 41 voos até ao fim de agosto, totalizando três incrementos de 127 voos desde junho, devido à implementação da tarifa de 60 euros em viagens para residentes, foi hoje divulgado.

Em comunicado, o Governo açoriano explica que a Secretaria Regional dos Transportes, Turismo e Energia, em articulação com a SATA SGPS, vai “promover um novo reforço da operação aérea inter-ilhas, em diversas rotas, com mais 41 voos até ao final do mês de agosto”.

“Este é o terceiro incremento promovido desde junho, já totalizando um aumento de 127 voos, em virtude do sucesso da “Tarifa Açores” – lançada em 01 de junho – e do grande crescimento da procura daí decorrente”, lê-se na nota de imprensa.

A Tarifa Açores fixa em 60 euros o preço máximo de uma passagem aérea entre ilhas açorianas para residentes.

O presidente do Governo Regional, José Manuel Bolieiro, revelou hoje, na Assembleia Legislativa Regional dos Açores, na Horta, ilha do Faial, que, desde o início de junho, usufruíram da Tarifa Açores “mais de 52.400 passageiros”.

Segundo dados avançados à agência Lusa pelo Governo dos Açores, entre 01 e 29 de junho, 52.400 passageiros viajaram pelas ilhas do arquipélago, aproveitando para conhecer a própria região, quando antes “saía mais barato” viajar para o exterior.

Para o executivo regional, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, os atuais resultados da operação “demonstram a pertinência da convicção e do empenho do Governo dos Açores na mobilidade da população e na coesão territorial”.

“É também, por isso, que se mantém e manterá uma monitorização constante da procura e do comportamento do mercado, no sentido de antecipar e responder adequadamente, de acordo com planos devidamente delineados, às solicitações que se registarem”, considera a Secretaria que tutela os transportes, liderada por Mário Mota Borges.

Para o executivo açoriano, a Tarifa Açores “é uma das mais relevantes iniciativas do Governo dos Açores para o desenvolvimento interno dos Açores, para a coesão do território e para o estímulo do desenvolvimento harmonizado”.

O Governo sustenta que a medida “tem sido implementada de forma criteriosa, devidamente ajustada à realidade pandémica atual e à capacidade de resposta operacional da SATA Air Açores”.

“Toda a operação está em permanente avaliação e será ajustada sempre que se justifique”, acrescenta.

© Lusa | Foto: JF | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s