PRESIDENTE DO GOVERNO DEMONSTRA SOLIDARIEDADE A PROPÓSITO DE TRAGÉDIA NA POVOAÇÃO

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, lamentou esta manhã, em Ponta Delgada, a tragédia ocorrida no concelho da Povoação devido ao mau tempo, que culminou com o desaparecimento de duas pessoas.

Em declarações aos jornalistas, José Manuel Bolieiro sublinhou toda a solidariedade e apoio do XIII Governo Regional às instituições do concelho, pois ainda ontem transmitiu uma palavra de conforto “tanto ao Poder Local, como à Santa Casa da Misericórdia da Povoação”, de quem as mulheres desaparecidas eram funcionárias.

Sob o ponto de vista do apoio reabilitacional, no sentido da recuperação pelos danos causados pelos desmoronamentos, o governante evidenciou que “todos os serviços de Proteção Civil, Ação Social e obras públicas foram mobilizados para a Povoação, Vila Franca do Campo e Nordeste”, que na manhã de sexta-feira “mais danos sofreram”.

José Manuel Bolieiro aproveitou a ocasião para deixar uma palavra de conforto, em nome pessoal e do Executivo Açoriano, às famílias das desaparecidas e à Santa Casa da Misericórdia da Povoação.

Nesse sentido, o Presidente do Governo revelou que vai marcar presença numa iniciativa de fé e esperança que a comunidade povoacence vai promover este domingo.

“Desde a primeira hora que estive solidário e em contacto com as instituições”, sendo que “o simbolismo” da presença física no local “será efetivada após a devida articulação com as respetivas instituições”, sustentou.

O governante falava à margem da cerimónia de inauguração das obras de remodelação do Centro Pastoral e Cultural da Matriz, e destacou que esta empreitada “valoriza, em matéria de reabilitação, um edifício que refuncionaliza para um processo cultural e educativo da comunidade de São Sebastião”.

Este é um edifício que “atribui identidade ao património edificado no centro histórico de Ponta Delgada”, sustentou ainda José Manuel Bolieiro.

O Presidente do Governo valorizou “o enorme esforço da comunidade para o seu financiamento, bem como o exercício colaborativo entre o Poder Regional e o Local”.

Apesar de ser em valores residuais, essa colaboração, “contribui para o processo educativo e cultural da juventude, através do esforço conjunto das instituições públicas, privadas e sociais”, concluiu o governante.

© GRA | Foto: MM | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s