VELAS: INAUGURADAS AS OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS PÚBLICOS DA FAJÃ DAS ALMAS

As obras de requalificação dos espaços públicos da Fajã das Almas, freguesia das Manadas, concelho de Velas, na ilha de São Jorge, encontram-se inauguradas, informou hoje a autarquia jorgense.

As obras, um projeto elaborado pelo gabinete técnico do Município, no montante global de cerca de 250 mil euros, consistiu na requalificação dos espaços público envolventes, nomeadamente “a Zona do Poço de Baixa Mar, Miradouros, a criação de novos espaços verdes e de lazer, passando pela reconstrução de paredes de suporte e contenção, colocação de proteções de Inox e Madeira Tratada, e repavimentação de toda a via de acesso pedonal e para motos”.

De acordo com a nota de imprensa da autarquia, a cerimónia de inauguração foi presidida pelo secretário regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, e contou com a presença do presidente da Câmara, Luís Silveira, assim como do restante executivo municipal.

Na ocasião, de acordo com a nota da autarquia, o presidente Luís Silveira, referiu que a obra pretende, não só, criar mais segurança no interior da fajã para a população e todos quantos a visitam, mas sobretudo dar um “aspeto mais aprazível e harmonioso que em muito certamente contribuirá para continuarmos a fazer da nossa terra um lugar onde cada vez mais se gosta de estar e viver”.

Luís Silveira destacou ainda o facto de a ilha se promover em termos turístico como “destino de natureza pelas suas emblemáticas fajãs, daí a necessidade destas merecerem uma atenção especial por parte das entidades públicas, sendo este o trabalho que a Autarquia tem feito, não só nesta, bem como noutras fajãs do concelho”, exemplificando com a obra que decorre na “Fajã de João Dias, ou em breve as obras a realizar nas Fajãs D’Além, Ouvidor e Ribeira D’Areia, criando harmonia na reabilitação, usando materiais endógenos, e sem desvirtuar a singularidade que cada uma tem”.

Aproveitando a presença do secretário regional com a pasta do Ambiente, o presidente do Município de Velas, recordou que as fajãs são Reserva da Biosfera desde 2016, “havendo a necessidade de trabalho conjunto para manter estes espaços com a dignidade que merecem, protegendo-as e indo ao encontro a um desenvolvimento sustentável”.

© GCD-MV | Foto: GCD-MV | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s