DIA MUNDIAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO E À SECA: ALONSO MIGUEL DESTACA MEDIDAS DE COMBATE ÀS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

O secretário regional do Ambiente e Alterações Climáticas, Alonso Miguel, assegurou hoje, Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca, na cidade da Horta, que está atento à necessidade de prevenção contra os fenómenos naturais, cada vez mais frequentes na Região em resultado das alterações climáticas globais.

Neste sentido, revelou que a secretaria que tutela está a implementar diversas medidas, nomeadamente através do Plano Regional para as Alterações Climáticas, integrado no projeto LIFE IP CLIMAZ, que segundo disse, citado em nota do executivo, contará “com cerca de 20 milhões de euros para investir na implementação de medidas nesta matéria”.

Paralelamente, “está em curso um conjunto de projetos que permitem uma maior preservação do nosso património natural e o combate às alterações climáticas”, acrescentou.

“E neste Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca, destacaria o trabalho que tem sido realizado a nível da recuperação de turfeiras na Terceira, no Faial, no Pico e nas Flores, no âmbito do projeto LIFE IP AZORES NATURA e que é extremamente importante”, salientou Alonso Miguel.

O responsável pelas pastas do Ambiente e Alterações Climáticas do Governo de coligação PSD/CDS/PPM referiu ainda que “as turfeiras são ecossistemas de zonas húmidas” que cobrem cerca de 40% das áreas protegidas dos Açores e que “funcionam como esponjas, retendo água, permitindo a sua infiltração e a disponibilização dessa água nos aquíferos e, portanto, tem esta dupla valia em termos de combate às alterações climáticas, quer pelo sequestro de carbono da atmosfera, quer pela disponibilização de água no solo para abastecimento”.

A Região encontra-se a preparar o Plano de Gestão de Secas e Escassez de Água dos Açores, que ficará concluído até ao início do próximo ano, e que permitirá “sistematizar os procedimentos a serem adotados em caso de ameaça de seca e em situação de escassez de água, garantindo uma resposta eficaz e adequada a cada uma das ilhas do Arquipélago”, refere a nota.

O governante relembrou ainda que é fulcral continuar a consciencializar a população para a importância de um uso eficiente e sustentável dos recursos naturais, com especial enfoque para a água.

O Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca foi instituído pela ONU em 1994, tendo sido pela primeira vez no dia 17 de junho 1995.

© GRA | Foto: SRAAC | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s