GD FONTINHAS ASSINALA HOJE O SEU 46.º ANIVERSÁRIO

Fundado a 10 de junho de 1975, o Grupo Desportivo das Fontinhas que milita hoje no Campeonato de Portugal começou por disputar as competições organizadas pela fundação de ocupação de tempos-livres INATEL, onde se sagrou campeão de ilha por 12 vezes, campeão açoriano nove e campeão nacional em duas ocasiões, nas épocas 1992/93 e 1996/97, na categoria de futebol sénior masculino.

Na época desportiva 2005/06, sob a presidência de Carlos Costa o clube mudou de quatro competitivo, integrando as competições organizadas pela Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH).

Em dez anos de competições sob a égide da AFAH o clube venceu duas taças em torneios de abertura. Era, segundo os adversários, aquele clube simpático que “entrava para participar”. Mas, com o regresso de novo à presidência de Carlos Costa, este paradigma alterou-se, e o clube que “entrava para participar” transformou-se num clube guerreiro “com ambição de ganhar”.

Na época 2016/17 o GD Fontinhas faz um percurso memorável, vencendo todas as competições que disputou, ascendendo desse modo ao patamar máximo do futebol açoriano — o Campeonato de Futebol dos Açores. Na época seguinte, depois de uma primeira volta a surpreender todas as espectativas, a equipa claudicou um pouco na segunda volta, classificando-se, ainda assim, na terceira posição da tabela, o que não deixa de ser digno de registo, tanto mais que se tratava de um estreante nestas andanças.

Mas glória maior estava para chegar. Na época 2018/19, no primeiro ano de mandato do novo presidente da Direção, José Fernando Pacheco, o clube sagra-se campeão açoriano e ingressa por direito próprio em competições de índole nacional, sendo o segundo clube do concelho da Praia da Vitória a alcançar tão elevado desiderato.

Na época seguinte, 2019/20, com o objetivo da manutenção no horizonte, o clube não vai além da última posição, porém, as restrições competitivas associadas à crise pandémica de covid-19 e as decisões administrativas dela decorrente, asseguram a manutenção do clube no Campeonato de Portugal.

Com renovada esperança o clube encara a nova época (2020/21) com forte determinação, reforçando o plantel com elementos de alto gabarito vindos sobretudo do Praiense – que, entretanto, atravessa um período conturbado — entre eles, o consagrado treinador Francisco Agatão.

Com a manutenção desde cedo garantida, a luta travava-se pelos lugares de acesso ao play-off de qualificação para a Liga 3 – nova competição da Federação Portuguesa de Futebol a estrear na próxima época – chama, que se manteve acesa até à derradeira jornada.

Neste dia de aniversário, o GD Fontinhas reúne-se em Assembleia Geral ordinária para eleição dos órgãos sociais para mais uma época. José Fernando Pacheco encabeça a única lista a sufrágio, para aquele que será o seu terceiro ano na presidência dos rubro-negros da freguesia das Fontinhas.

© PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s