ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS SÃO ESSENCIAIS PARA A CONSTRUÇÃO DO FUTURO COLETIVO, DEFENDE VASCO CORDEIRO

“Estas eleições autárquicas são importantes porque são parte da construção do nosso futuro coletivo”, considerou, esta quarta-feira, o Presidente do PS/Açores.

Para Vasco Cordeiro, que intervinha na apresentação da candidatura do PS à Câmara Municipal da Ribeira Grande, é percetível a falta de “uma visão de futuro, de uma ideia de para onde se quer levar a Região, de uma intervenção naquilo que tem a ver com as pessoas, no cuidado com as novas gerações, de lançar alicerces para a sustentabilidade do nosso desenvolvimento e para que, num conjunto de fatores, os Açores possam continuar a progredir e a avançar”.

Assim, o líder dos Socialistas considerou que onde a governação regional falha, o Partido Socialista deve, “ao nível dos municípios e das freguesias, dar o passo em frente”, avançando na construção de soluções que não tem a ver com o partido, mas sim com as pessoas, reforçando o “sentido de progresso, de desenvolvimento e de solidariedade”, que é essencial para a construção do futuro coletivo.

Segundo Vasco Cordeiro, estas eleições autárquicas são ainda importantes por serem “um exercício de liberdade, de cidadania e de compromisso para cada uma das freguesias do concelho”, destacando que face ao incómodo com o exercício de crítica, este governo regional “tem dado vastas provas de, apesar de ser jovem na existência, ser velho, muito velho, nos tiques e nos vícios que já tem”.

Mas, estas eleições são ainda importantes pelo aproveitamento de um conjunto de recursos financeiros que estão à disposição dos Açores, que, fruto da negociação do anterior governo regional do PS, permitem que a Região, “no período compreendido entre 2021 e 2027, quase que duplique os recursos financeiros que tem à sua disposição, quando comparado com o período de 2014 e 2020”, numa referência “ao Plano de Recuperação e Resiliência, ao reforço do atual Quadro Comunitário de Apoio e do próximo Quadro Comunitário de Apoio”, num montante que ascende a três mil milhões de euros que estarão disponíveis para a Região aplicar em projetos de futuro.

Numa referência à importância das autarquias locais neste contexto, o Socialista defendeu a necessidade de terem um projeto estruturado, consolidado e experiente que seja capaz de construir esse futuro “que se quer cada vez mais sustentável e cada vez mais virado para as necessidades de cada um dos nossos concidadãos”.

Durante a apresentação da candidatura de Lurdes Alfinete à autarquia da Ribeira Grande, o Presidente do PS/Açores sublinhou estar a ser dado “o pontapé de saída para a Ribeira Grande ter a primeira Presidente de Câmara Municipal aqui na cidade e no concelho”, salientando ser esta “uma candidatura forte e que dá resposta a este momento desafiante que toda a nossa Região vive”.

“Este fator de novidade, de inovação, de consciência daquilo que é preciso agora, nesta conjuntura e neste contexto, é trazido pela candidatura de Lurdes Alfinete e será concretizado pela Lurdes Alfinete como Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande”, afirmou Vasco Cordeiro, que referiu ser Lurdes Alfinete “a pessoa ideal para transmitir e para fazer reavivar este orgulho na Ribeira Grande”.

LURDES ALFINETE

Lurdes Alfinete tem 43 anos e é natural da Matriz da Ribeira Grande. É casada e tem dois filhos, residindo na Ribeira Seca.

É Licenciada em Ensino de Português/Inglês e Pós-Graduada em Administração e Organização Escolar pela Universidade dos Açores.

É professora de Português desde 2000 tendo ensinado, entre outras, na Escola Básica e Integrada da Maia. Desempenha funções, desde 2014, na Escola Secundária da Ribeira Grande. Paralelamente, foi formadora de Inglês para adultos e para profissionais da área do Turismo, na Escola de Formação Turística e Hoteleira.

Membro ativo da Sociedade Ribeiragrandense, é atualmente Presidente da Direção do Centro de Apoio Social e Acolhimento C.A.S.A. Bernardo Manuel da Silveira Estrela, entidade Centenária da Ribeira Grande dedicada ao apoio à infância e à inclusão juvenil. Ligada a esta instituição desde 2011, já foi Secretária da Direção e Secretária da Assembleia Geral de Associados.

Foi fundadora da Associação de Juventude da Ribeira Grande, da qual é sócia Honorária.

Foi Presidente da Junta de Freguesia da Matriz, cargo que desempenhou entre 2009 e 2013.

Na Câmara Municipal da Ribeira Grande, foi Adjunta para a Educação, Cultura e Assuntos Sociais entre 2007 e 2013, tendo sido responsável pela definição, aplicação, adequação e avaliação de políticas educativas, culturais e sociais da Ribeira Grande.

Eleita pelo Partido Socialista, é deputada à Assembleia Municipal da Ribeira Grande desde 2009.

© GI-PS/A | Fotos: GI-PS/A | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s