O MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA NO JARDIM DE INFÂNCIA

A partir das inquietações decorrentes dos momentos de discussão e reflexão que, enquanto docente na formação inicial de Educadores e Educadoras de Infância se promovem, formal e/ou informalmente, com os estudantes da Licenciatura em Educação Básica e do Mestrado em Educação Pré- e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, elegeu-se como temática de reflexão o Movimento da Escola Moderna (MEM) no Jardim de Infância.

As práticas tutoriais e de supervisão, onde a partilha das experiências pedagógicas e as conceções sobre as mesmas, têm feito emergir a importância dos diferentes modelos pedagógicos, concretamente do MEM pelas potencialidades que demonstra, no desenvolvimento das crianças e, igualmente pelo interesse e curiosidade que despertou nas futuras profissionais de educação.

Assim, após análise e discussão crítica do modelo pedagógico em apreço concluímos que se trata de um modelo de elevados proveitos pedagógicos, porque se trata de projeto de intervenção social que procura o desenvolvimento do ser humano e tem como finalidades a iniciação das crianças às práticas democráticas. Promove o desenvolvimento integral das crianças, salvaguardando-lhes o respeito e os direitos num espaço de interação com as famílias e a comunidade à qual pertencem e estimula atitudes e valores que contribuem para uma socialização democrática partilhada e cooperada.

Neste modelo a criança é vista como um indivíduo ativo no seu processo de ensino e aprendizagem, é incentivada a construir relações e parcerias que reforçam o processo de ensino e aprendizagem apoiado num processo de humanização, potenciando a resolução conjunta de problemas através da interação entre todos os intervenientes no processo.

Face ao que foi dito, o MEM pratica uma pedagogia de cooperação educativa, em que alunos e professores negoceiam atividades e projetos a desenvolver em torno dos conteúdos programáticos, tendo por base os interesses e saberes dos estudantes e o contexto cultural das comunidades. Esta organização cooperativa promove o desenvolvimento moral e cívico, a capacidade de iniciativa, a corresponsabilização e implicação das crianças nos seus processos de aprendizagem, fomentando a construção de processos democráticos, preparando-as para a vida ativa na sociedade.

© Maria Lopes de Azevedo


A AUTORA

Maria Lopes de Azevedo

É professora coordenadora no ISCE Douro, em Penafiel, onde coordena o Departamento de Educação e coordena a Licenciatura em Educação Básica e o Mestrado Ensino Pré-escolar e Ensino do 1º CEB.

Concluiu o Doutoramento Interuniversitário em Ciências Educação. É ainda Licenciada e Mestre em Ciências da Educação, pela Universidade do Porto. Desenvolve atividade docente do ensino superior, na área das Ciências da Educação, tendo colaborado com diversas instituições de ensino superior a nível nacional e internacional, como a UniPiaget e a Universidade Católica, em Moçambique. Tem orientado diversos trabalhos científicos e publicado livros e artigos em revistas científicas, nacionais e internacionais, na área da educação.


Artigo ao abrigo do projeto:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s