GRUPO DE PICOENSES ESCREVE “CARTA ABERTA” AO SECRETÁRIO REGIONAL DA SAÚDE, MANIFESTANDO O SEU DESCONTENTAMENTO PELO ESTADO DA SAÚDE NA ILHA

Com pedido de publicação, um grupo de cidadãos picoenses dirige uma “carta aberta” ao secretário regional da Saúde e Desporto, onde demonstra o seu descontentamento pelo estado geral da Saúde na ilha, agravado após o fecho dos serviços de urgência às 22:00 nos concelhos de São Roque e Lajes.

Assim, apresentamos abaixo, na íntegra, a carta dirigida ao secretário regional que nos fizeram chegar por via eletrónica:

“Exmo Sr Secretário Regional da Saúde

Tivemos conhecimento da sua vinda ao Pico, que deveria no nosso entender ter sido anunciada, pois os cidadãos do Concelho de São Roque e Lajes gostariam de ter conversado com suas Excias, para demonstrar a nossa opinião, o nosso descontentamento pelo estado da Saúde no Pico (que piorou drasticamente desde que fecharam as urgências 24h de proximidade às populações),e a nossa dificuldade de acessibilidades ao Centro de Saúde da Madalena, quer na situação para visita a um amigo ou familiar que esteja internado (porque os doentes com doenças agudas deixaram de puder ser internados no Centro de Saúde de São Roque, por falta de médico em período noturno), quer seja, na dificuldade de acesso às urgências, após as 22h, visto estas estarem abertas as 24h apenas na Madalena, e isto acontece nos dias de hoje, na segunda maior ilha do arquipélago, numa ilha sem hospital.

O Exmo Sr. Secretário continua a não dar respostas às populações destes dois Concelhos, continuam os doentes destes concelhos no mesmo desespero diário, se deparando sempre com as mesmas dificuldades quem precisa de recorrer à urgência, como se a doença tivesse hora marcada;

Exmo Sr Secretário continua sem dar prazos, e soluções para que se ultrapassem estes obstáculos, e continuamos sem perceber porque é que isto acontece apenas na ilha do Pico, pois temos o exemplo exatamente ao contrário na ilha de São Jorge;

O Exmo Sr Secretário referiu que está a ser avaliada a situação, que, também não percebemos o porquê de tanta demora nesta avaliação, deveria fazer um questionário à população destes concelhos e analisar as respostas, com vivências e exemplos de dificuldades deparadas na primeira pessoa;

Outra situação que não entendemos é porque não se mobilizam os recursos humanos dentro da USIP! Falta de recursos humanos não existe e nunca existiu, nunca tivemos tantos enfermeiros como agora, e anteriormente a 30 de Março 2020 sempre tivemos as urgências abertas em funcionamento nos 3 Concelhos;

Os Picoenses continuam à espera que os Srs governantes cumpram as suas promessas políticas quer do PSD, quer do CDS-PP, que na altura das eleições falaram do retorno das urgências 24h;

Agradecemos a vossa maior atenção e rapidez em encontrar soluções que favoreçam as populações, neste assunto delicado como é a Saúde! Pois neste momento somos considerados Açorianos de segunda, pois não temos todos os mesmos direitos a um serviço essencial de proximidade!

Atentamente,

Grupo de Picoenses”

© PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s