DIA MUNDIAL DO RIM: APIR/AÇORES LANÇA INQUÉRITO DE AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR

A delegação da Associação Portuguesa de Insuficientes Renais Crónicos (APIR) dos Açores lançou esta semana um inquérito para avaliar a qualidade de vida destes doentes na região, no ano em que o Dia Mundial do Rim, que hoje se assinala, é subordinado à temática ‘Viver Bem com a Doença Renal’.

“Esta é uma iniciativa importante, uma vez que é necessário que os doentes sintam que os seus sintomas são tidos em consideração, devendo tornar-se participantes ativos no seu tratamento”, diz o presidente da APIR/Açores, citado em nota de imprensa, ontem enviada às redações.

Para Osório Silva, esta é uma forma “de os doentes se sentirem mais satisfeitos, envolvidos e construtivos em relação ao tratamento”.

“A capacitação do doente, o estabelecimento de parcerias e a melhoria na comunicação, em conjunto com uma mudança de paradigma pode inspirar a confiança e a esperança dos pacientes conseguirem viver bem com a doença renal crónica”, reforçou.

Por outro lado, Osório Silva alertou que “o diagnóstico e o tratamento da doença renal, em particular em fases mais avançadas, têm um grande impacto nas vidas destas pessoas por reduzirem a capacidade de participação em atividades do dia-a-dia e nas relações sociais, além dos diversos efeitos secundários que pode causar, como cansaço, dor, depressão, limitações cognitivas, problemas gastrointestinais e problemas de sono”, salientando nesse sentido a pertinência do tema escolhido para o ano de 2021.

Segundo o responsável, numa primeira fase e devido à Covid-19, o inquérito será efetuado através da chamada telefónica, uma vez que “não é permitido o acesso de pessoas fora dos serviços de diálise, para que seja salvaguardada a saúde dos doentes aquando do seu tratamento hospitalar”.

A APIR/Açores, em colaboração com outras entidades, tem ao longo dos últimos anos assinalado o Dia Mundial do Rim, que se comemora anualmente a 11 de março, através da realização de seminários e diagnósticos de avaliação da tensão arterial e glicose, com o objetivo de alertar e passar a mensagem sobre a importância da auto vigilância de pequenos sintomas que podem levar à insuficiência renal crónica e os cuidados a ter para um estilo de vida saudável.

No entanto, devido à atual situação pandémica, este tipo de eventos não se realizará este ano.

Nos Açores, existem 383 Insuficientes Renais Crónicos, dos quais 49 estão a efetuar tratamento de diálise peritoneal, 187 em hemodiálise e 147 transplantados, existindo quatro unidades de diálise na região – três instaladas nos hospitais da região e uma no Centro de Saúde da Madalena.

O Dia Mundial do Rim é uma organização conjunta da International Federation of Kidney Foundations e da International Society of Nephrology e assinala-se anualmente desde 2006.

© APIR/Açores | Imagem: DR | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s