PRAIENSE ANUNCIA RESGATE DAS AÇÕES DA SAD E CONTROLO TOTAL DA EQUIPA SÉNIOR

O Sport Club Praiense anunciou ao final da tarde desta terça-feira, 09 de março, em conferência de imprensa, na sede do clube, que vai resgatar as ações da Sociedade Anónima Desportiva (SAD) e devolver o controlo da coletividade, nomeadamente da equipa sénior aos sócios.

O processo, segundo declarou Roberto Andrade, presidente da Direção do clube, foi iniciado no passado dia 04 de fevereiro, “por incumprimento dos investidores da SAD” para com as suas obrigações, plasmadas no acordo social.

Para que esta intenção fosse possível de concretizar, o Praiense clube, endereçou um pedido de apoio financeiro à Câmara Municipal da Praia da Vitória (CMPV), atendendo às dificuldades económicas que atravessa e que são de conhecimento público.

Segundo informou Tiago Ormonde, vereador municipal com a pasta do Deporto, a CMPV em reunião ordinária realizada ontem, na freguesia do Cabo da Praia, deliberou conceder um apoio de 35 mil euros à coletividade, destinado a cobrir a garantia que lhe permite dar seguimento ao processo, com o ónus do clube não se desfazer das ações no prazo mínimo de três anos.

Estão, no entanto, excecionados destas restrições, todas as vendas a eventuais acionistas que sejam sócios do clube com 3 ou mais anos e a empresas com sede fiscal no concelho da Praia da Vitória.

A conferência de imprensa foi transmitida em direto na página de Facebook do clube. A esta transmissão, a Galácticaviva Gestão de Carreiras Desportivas e Eventos Unipessoal, Lda, reagiu nos comentários, indicando que está em preparação a resposta à notificação avulsa a que foi sujeita, rejeitando liminarmente qualquer incumprimento.

“A nossa empresa não está, nem nunca esteve em situação de incumprimento com nenhum dos outorgantes”, lê-se no cometário assinado por José Rui Varela Correia, que acusa o clube de receber “indevidamente receitas e verbas que se destinavam e destinam á SAD da qual nós somos os principais acionistas”.

No comentário, constituído por 13 pontos, colocado pelo advogado Ramiro Santos, é notório o mal-estar entre a SAD e a Direção, terminando o mesmo com o acionista a afirmar que “está a preparar todos os procedimentos judiciais adequados á defesas dos seus interesse patrimoniais e da sua própria imagem, inclusive uma participação criminal pela prática do crime de burla”.

Ver conferência de imprensa.

© PE | Imagem: “Print Screen” Facebook

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s