MUNICÍPIOS DO PICO DISTRIBUEM BIOCONTENTORES PARA RECOLHA DE RESÍDUOS ORGÂNICOS

Num projeto da Associação de Municípios da Ilha do Pico (AMIP), decorre nos concelhos da ilha montanha a distribuição de um novo ecoponto (castanho) destinado à recolha seletiva de biorresíduos.

Com estas iniciativa a AMIP pretende reduzir o desperdício, promovendo a separação de resíduos, a recolha seletiva e a sua valorização, transformando os resíduos biodegradáveis num fértil composto.

No concelho da Madalena, o Município arrancou com a distribuição dos biocontentores (mais de 40) esta semana, em todas as freguesias do concelho. Para além da distribuição na via pública, o município estende a entrega aos restaurantes e instituições concelhias, aumentando a adesão à recolha seletiva dos resíduos orgânicos, diminuindo a sua presença no lixo indiferenciado.

Complementarmente, a Câmara em parceria com a AMIP vai ainda proceder à distribuição de milhares de “flyers” nas habitações de todos os munícipes, dando a conhecer o novo ecoponto e alertando para a importância da correta deposição dos resíduos biodegradáveis, como restos de alimentos, crus ou cozinhados, plantas de jardim, saquetas de chá e guardanapos usados.

Já a Câmara de São Roque do Pico reforçou hoje a distribuição de biocontentores alargando a rede a mais cinco freguesias com 34 contentores com uma capacidade individual de 800 litros.

Com o intuito de aumentar a recolha seletiva e diminuir a sua presença no lixo indiferenciado a Câmara está igualmente a proceder à entrega de contentores de 50 litros aos grandes produtores de resíduos biodegradáveis.

Nos biocontentores (cor castanha) podem ser depositados resíduos biodegradáveis, como por exemplo sobras de plantas de jardim, restos de legumes, cascas de fruta, peixe/carne cozinhada, sobras de pão e bolos, borras de café, sacos de chá, cascas de ovos, guardanapos e tolhas de papel sujo. Antes da sua deposição, os resíduos devem ser devidamente acondicionados em saco de plástico.

Este projeto da AMIP resulta de uma candidatura apresentada à Direção Regional do Ambiente, com o objetivo de promover a separação de resíduos e a sua valorização, colocando a tónica na sustentabilidade ambiental.

© CMM – CMSP | Foto: CMSP – CMM | PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s