FORMAÇÃO PARA UM REGRESSO SEGURO ÀS ESCOLAS

O Governo dos Açores está a desenvolver um extenso programa de formação que abrange todas as escolas públicas da Região, no âmbito das diversas medidas que está a concretizar para o regresso seguro às atividades no quadro da abertura do ano letivo, previsto para 15 de setembro.

Em julho, a Secretaria Regional da Educação e Cultura enviou a todos os estabelecimentos de ensino público um documento orientador, denominado “Regresso Seguro às Escolas”, o qual contempla orientações pedagógicas e sanitárias para a preparação do novo ano letivo.

Neste contexto, e para garantir que os professores e pessoal não docente estão preparados para a abertura do ano escolar no atual contexto, a Secretaria Regional da Saúde, em articulação com a Secretaria Regional da Educação e Cultura, está a desenvolver, desde 2 de setembro, um extenso programa de formação em diversas áreas.

A formação, que decorre nestas duas semanas que antecedem a abertura do ano letivo, destina-se aos professores responsáveis pela operacionalização dos planos de contingência em cada escola, assim como a assistentes operacionais.

Este plano conta já com mais de 1.600 profissionais inscritos de escolas do ensino regular e do ensino profissional.

As ações de formação incidem sobre a organização escolar, acessibilidade, organização de espaços e de serviços de apoio, comportamentos de proteção, como a utilização de máscaras, a higienização das mãos, o distanciamento físico e a etiqueta respiratória, e a higienização de espaços e superfícies.

Para apoiar a formação e as ações de sensibilização a alunos e encarregados de educação, foram desenvolvidos materiais informativos em suporte eletrónico, que serão ainda divulgados nas áreas comuns das escolas, incidindo sobre as medidas de prevenção adaptadas a cada faixa etária.

Com base no documento orientador “Regresso Seguro às Escolas” e nos seus planos de contingência, todos os estabelecimentos de ensino estão a preparar os espaços escolares de forma a garantir, não só a limpeza e desinfeção de superfícies, equipamentos e estruturas, como o distanciamento social necessário, nomeadamente através da colocação de sinalização específica, criação de circuitos de circulação, definição de regras de utilização de espaços comuns e organização de zonas de trabalho.

Foto: © DR | GaCS/SRS/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s