JP/AÇORES DECLINA CONVITE ENDEREÇADO PELA JS/AÇORES

Em comunicado, a Juventude Popular (JP) dos Açores, recusa o convite endereçado pela Juventude Socialista (JS) dos Açores para participar num encontro, com vista à análise e ao debate acerca da anteproposta da Agenda para o Relançamento Social e Económico dos Açores, por o mesmo não provir de quem de direito, confundindo-se com “tacticismo político”, visto que se aproximam as eleições legislativas regionais.

Considerando a que Agenda para o Relançamento Social e Económico dos Açores é uma iniciativa do Governo Regional dos Açores, a JP/Açores entende que o processo de auscultação às juventudes partidárias relativamente, deverá caber à “Secretaria Regional e à Direção Regional que tutelam a área setorial da Juventude”.

Embora a JP/Açores considere manifestamente importante a análise e debate deste documento, tal como de todas as matérias que dizem respeito à juventude açoriana, a estrutura liderada por Séfora Costa entende que “deveria ser o Governo Regional a liderar uma iniciativa desta natureza” e não qualquer juventude partidária a assumir este papel.

Por considerar que esta atitude de aproximação da JS/Açores só se explica por “puro tacticismo político, visto que se aproximam as eleições legislativas regionais”, a JP/Açores recusa-se a funcionar como “como agentes de propaganda socialista nem como patrocinadores da ação da JS/Açores”, porque e enfatizam “esta é uma posição para açoriano ver e não para açoriano crer em absoluto”.

A JP/Açores sublinha nesse mesmo comunicado, que decorrente da sua ação política, procura “dar respostas aos anseios dos jovens açorianos, assumindo-se, muitas vezes, como a voz dos mais desprotegidos e vulneráveis da nossa sociedade”, pelo que, “o desenvolvimento económico e social das nossas ilhas é não só um objetivo desta juventude partidária, como representa um imperativo cívico, que move diariamente todos os jovens filiados nesta juventude partidária”.

Assim, a JP/Açores apresenta-se disponível para colaborar, caso o Governo Regional “queira desencadear um processo de auscultação das juventudes partidárias existentes nos Açores”.

Foto: © JP-A | JP-A/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s