RYANAIR PONDERA DEIXAR DE VOAR PARA AS LAJES: GOVERNO “TROCA A TERCEIRA POR PONTA DELGADA”, ACUSAM OS VEREADORES DO PSD NA CMAH

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo (CMAH), Marcos Couto e Miguel Bezerra, acusaram, esta quarta-feira, 22 de julho, o Governo Regional de “trocar a Terceira por Ponta Delgada”, denunciando o fim dos voos da transportadora aérea de baixo custo Ryanair para as Lajes “já a partir de janeiro de 2021”.

“Manifestamos a nossa mais profunda preocupação com a informação que acabamos de receber de que a Ryanair vai abandonar as rotas que tem para o Aeroporto da Ilha Terceira já em janeiro de 2021, fazendo-nos crer que o Governo Regional está a dar mais uma machadada na economia desta ilha”, afirmou Marcos Couto.

O eleito social-democrata no município angrense considera que “o Governo socialista é um cúmplice silencioso neste processo”, uma vez que “muito recentemente a companhia aérea anunciou a intenção de abandonar a sua base em Ponta Delgada e, afinal, agora, pondera acabar com os voos de Lisboa, Porto e Londres para a Terceira”.

“Em silêncio, por causa da proximidade com as eleições regionais, o Governo e o PS estão a tratar de evitar que a Ryanair encerre a sua base de Ponta Delgada e, mais uma vez, numa atitude bairrista e centralista, usaram a ilha Terceira e o seu Aeroporto Internacional como moeda de troca. Isto é inadmissível”, prosseguiu.

“O fim dos voos da Ryanair para a Ilha Terceira não é só mais um contributo para o aumento do desemprego na ilha, como é também um rude golpe para o Turismo da ilha e para todos os empresários que, ao longo destes anos, têm investido de forma corajosa no setor, com o objetivo de melhorar a qualidade da nossa oferta”, frisou.

Marcos Couto e Miguel Bezerra dizem que, “segundo fomos informados, a companhia de baixo custo não irá voar mais para a Terceira já a partir de janeiro de 2021, preparando-se para centralizar toda a operação em Ponta Delgada. Em nosso entender toda esta situação é ainda mais suspeita quando sabemos que, recentemente, a companhia esteve para abandonar a sua base em Ponta Delgada, sendo que a opção de agora centralizar toda a sua operação para os Açores naquele aeroporto é a contrapartida para a manutenção da companhia a voar para a Região”.

Os Vereadores da oposição na CMAH salientam estar a assistir a “mais uma atitude bairrista e centralista do Governo Regional que se diz socialista e que é reveladora da forma como as governações dos últimos 24 anos tratam os Açores e a Ilha Terceira”.

Recordando o episódio dos voos da americana Delta para a Região, anunciados como contrapartida da redução militar norte-americana na Base das Lajes e que acabaram por ser uma operação só realizada para Ponta Delgada, Couto e Bezerra salientam que, “mais uma vez, a Terceira é prejudicada para benefício dos mesmos de sempre, numa atitude em que a falta de vergonha e o sentido anti-autonómico imperam. A verdade é que, neste momento, não é possível fazer reservas de e para a Terceira, no site da companhia, a partir de janeiro de 2021”.

Assim, em conclusão, “com o atual rumo que a Autonomia leva entendemos que ela não serve a Terceira nem as restantes sete ilhas, sendo preferível o fim desde regime e o regresso à dependência de Lisboa”, lamentam.

Foto: © DR | VPSDCMAH/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s