SÃO ROQUE DO PICO: MARK SILVEIRA SUBLINHA IMPORTÂNCIA DO PROJETO “LIFE BEETLES” PARA A PRESERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

O presidente da Câmara Municipal de São Roque (CMSR) do Pico sublinhou, no passado sábado, a importância do projeto LIFE BEETLES e de outras ações semelhantes para se preservar o património biológico do concelho.

O LIFE BEETLES tem uma dotação de 1,8 milhões de euros que serão aplicados no aumento das populações e das áreas de distribuição, bem como na melhoria do estado de três escaravelhos endémicos, que estão dados como ‘Criticamente Ameaçados’, um dos quais reside nas imediações da Lagoa do Caiado.

Usando da palavra na apresentação do projeto e assinatura de acordo de custódia da natureza entre a CMSR e a Direção Regional do Ambiente, Mark Silveira enalteceu o “impacto direto e positivo” da iniciativa na preservação da biodiversidade e nas ações e competências da Câmara Municipal, uma vez que permite preservar as imediações da Lagoa do Caiado onde ocorrem importantes habitats, além de se desenvolver numa bacia hidrográfica que é utilizada no abastecimento de água: “Esta ação no âmbito do LIFE BEETLES, além de preservar a biodiversidade da espécie, irá, também, promover uma recuperação paisagística e ambiental o que trará benefícios diretos na melhoria das condições de infiltração e retenção de água da Lagoa com enormes vantagens para o concelho”.

A intervenção incidirá, sobretudo, nas quatro parcelas marginais à Lagoa do Caiado, uma bacia hidrográfica que abastece uma parte da população da freguesia do concelho, permitindo, através das ações de renaturalização previstas, recuperar o habitat e melhorar a retenção e infiltração de água na Lagoa.

Na ocasião, a secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, Marta Guerreiro, destacou o contributo do Município de São Roque do Pico para implementar o projeto, afirmando que o “acordo resulta do facto de quatro das oitos parcelas sujeitas a ações de conservação no âmbito do projeto LIFE BEETLES na ilha do Pico serem propriedade do Município de São Roque do Pico, que, desde a primeira hora, acarinhou o projeto e se disponibilizou para colaborar no mesmo”.

Foto: © CMSR | CMSR/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s