TERCEIRA “NÃO É CENTRO DE INOVAÇÃO E PROGRESSO DOS AÇORES” POR “AGENDA E INTERESSES PESSOAIS DE ALGUNS POLÍTICOS”, DENUNCIAM OS VEREADORES DO PSD EM ANGRA DO HEROÍSMO

Os Vereadores do PSD na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Marcos Couto e Miguel Bezerra, lamentam a postura assumida “por alguns políticos terceirenses” que impedem que a ilha se assuma como verdadeiro “centro de inovação e progresso dos Açores, em troca de favores pessoais e agendas político-eleitorais”.

Numa declaração feita em sede de reunião de câmara, os eleitos sociais-democratas criticam a postura assumida por alguns dirigentes socialistas que, na última reunião do Conselho de Ilha da Terceira, “venderam a ilha em saldo, prestando vassalagem ao partido e às pessoas do seu partido, branqueando declaradamente ações do Governo Regional, sem qualquer visão crítica ou até inovadora para o desenvolvimento da nossa ilha”.

Em causa ainda “o famoso Extrator de RNA” que deveria ter sido atribuído ao Laboratório de Epidemiologia e Biologia Molecular do Hospital de Santo Espírito da ilha Terceira e que o Governo Regional “desviou precipitada e atabalhoadamente” para o laboratório de teste ao Covid-19 criado no Hospital de Ponta Delgada.

Ora, salientam Couto e Bezerra, “após o veemente protesto que fizemos na Câmara de Angra do Heroísmo, o assunto foi tratado no Conselho de Ilha da Terceira – um órgão de natureza consultiva, onde se espera que, quando consultado pelo Governo Regional, possa dar contributos válidos para a melhor governação de cada Ilha, dar voz à legítimas aspirações dos seus habitantes e, porque não, realçar boas governanças. No entanto, os Vereadores do PSD à Câmara de Angra do Heroísmo sentem-se confusos quanto à Ilha a que realmente pertence o Conselho de Ilha da Ilha Terceira”.

Isto porque, frisam, “é sempre bom relembrar que todos fomos eleitos com o objetivo de defender a Ilha e quem nela habita, e nunca para prestar vassalagem ao Partido, Pessoas ou qualquer outro tipo de interesses. As posições normalmente tomados neste Conselho, não são posições, mas aclamações ou branqueamento de ações do Governo Regional, sem qualquer visão crítica ou até inovadora de governação para o desenvolvimento da nossa Ilha. Atentemos ao último Conselho de Ilha e às posições assumidas por alguns Conselheiros, face ao já famoso Extrator de RNA. Branquear o seu desvio, ignorando razões mais profundas para o sucedido, leva-nos a discordar e repudiar as afirmações proferidas por alguns Conselheiros do PS, Dr. Ricardo Barros e Dr. Francisco Coelho. Trocado por miúdos, basicamente referem que nem tudo o que se conhece é verdade ou que seremos compensados com um novo laboratório de raiz. Isto revela bem uma agenda em que as eleições de outubro próximo não são alheias. A verdade é que era necessário acalmar o crescente descontentamento em São Miguel, pelas trapalhadas que sucederam no Hospital do Divino Espírito Santo na luta contra a Covid-19 e, não menos importante, após as próximas eleições regionais poderemos dizer adeus ao novo Laboratório de raiz”.

Amigos ou inimigos?

Recorrendo a uma expressão popular muito conhecida, Marcos Couto e Miguel Bezerra lamentam a destruição constante das potencialidades socioeconómicas da Terceira, questionando que “com amigos destes quem precisa de inimigos?”.

“A importância deste Extrator RNA, que deveria ter sido entregue ao único Laboratório credível, nesta luta contra a pandemia que nos assola, é apenas mais um exemplo de como o desenvolvimento da nossa Ilha tem sido vendido por dez réis de mel coado, pelos Conselheiros do PS, pelos Dirigentes do PS, pelos Deputados do PS”, afirmam.

Os Vereadores da oposição angrense acrescentam que, “na ilha Terceira, está situado o melhor e mais conceituado Laboratório Regional de Epidemiologia e Biologia Molecular; é igualmente na Terceira que se encontra o Centro de Evacuações dos Açores; é na Terceira que se encontra a Base das Lajes que, para além da sua função civil, é uma base militar onde a relação com o exterior é permanente; é, efetivamente, a ilha Terceira o centro Científico e de Inovação dos Açores e tem que ser respeitada como tal”, registando que “o Parque Tecnológico da Ilha Terceira, a Startup Angra, o Praia Links, o projeto Terceira Tech Island, são apenas a parte mais visível desta diferenciação. A Terceira é, e sempre foi, ao longo da história, o centro de inovação e progresso dos Açores, pelo que não podem ser os Terceirenses, sejam do PS ou do PSD, em troca de favores pessoais, ou agendas próprias, sejam elas partidárias ou eleitorais, a destruir o excelente trabalho que tem sido feito nesta área”.

Foto: © Marcos Couto | VPSDAH/PE

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s