BE/AÇORES QUER CLARIFICAÇÃO DO GOVERNO SOBRE LIGAÇÕES MARÍTIMAS PARA SANTA MARIA

O Bloco de Esquerda Açores (BE/A) criticou a “desorientação e falta de clareza” do Governo Regional em relação ao transporte marítimo de passageiros para Santa Maria e desafiou o executivo a clarificar o futuro daquelas ligações.

A posição do partido surge num comunicado de imprensa da Comissão de Ilha de Santa Maria do BE esta segunda-feira enviado às redações, para quem a atuação do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) nesta matéria “contraria a lógica e revela desorientação”, pois declarações recentes declarações do secretário regional das Finanças constituem um “atirar areia para os olhos” dos marienses.

“Primeiro, o Governo acaba com o transporte marítimo de passageiros para Santa Maria sem sequer ouvir a população e as entidades da ilha, depois é que encomenda um estudo para definir o transporte marítimo de passageiros nos Açores. Ainda antes deste estudo estar concluído, o governo acena aos marienses com o possível regresso das ligações marítimas”, diz o BE.

A 04 de abril o titular pela pasta das Finanças dos Açores anunciou que a empresa Atlânticoline vai contar na sua frota com dois navios elétricos para operarem nas ilhas do Triângulo (Faial, Pico e São Jorge), libertando atuais embarcações para novas rotas, como por exemplo Ponta Delgada-Vila do Porto”, na ilha de Santa Maria.

A Comissão de Ilha de Santa Maria do Bloco de Esquerda defende que o Governo deve ser “claro sobre qual será o futuro das ligações marítimas” para aquela ilha.

“O Governo tem de ser mais claro e afirmar, sem rodeios, se o exemplo – de retomar o transporte de passageiros por via marítima entre São Miguel e Santa Maria – foi avançado pelo secretário regional das Finanças apenas como forma de tentar apaziguar os marienses, ou se corresponde a um objetivo já definido pelo governo”, defende o BE.

A Comissão de Ilha de Santa Maria do BE entende que, se for “um objetivo do Governo” retomar o transporte de passageiros por via marítima entre São Miguel e Santa Maria, “é importante saber para quando se prevê” iniciar esta ligação e se será sazonal ou durante todo o ano.

“Para já, o governo parece finalmente reconhecer que cometeu um enorme erro ao acabar com as ligações marítimas de passageiros para Santa Maria”, sustenta o Bloco, lembrando que “sempre defendeu a existência da ligação marítima de passageiros, viaturas e carga para a ilha de Santa Maria durante todo o ano”.

A Comissão de Ilha de Santa Maria do BE critica as decisões “erráticas e contraditórias” do executivo regional sobre esta matéria e que revelam “total falta de estratégia de desenvolvimento que prejudica muito a ilha de Santa Maria”.

© Lusa | Foto: DR | PE

Advertisement