BLUEFEST: CIÊNCIA E EDUCAÇÃO PARA A ECONOMIA AZUL EM DESTAQUE NO FAIAL

A ilha do Faial recebe, nos próximos dias 03 e 04 de novembro, a edição piloto do Bluefest, um evento que tem como objetivo principal despertar consciências e estimular o diálogo em torno da preservação do maior e mais importante recurso natural existente no planeta: o mar.

“É com este intuito que nasce o Bluefest, espaço de reflexão, de aprendizagem e de partilha, rumo a um Município mais azul, e à capacitação para a economia do mar sustentável”, afirmou a Vereadora da Câmara Municipal da Horta na conferência de imprensa de apresentação do evento.

Numa coorganização da Câmara Municipal da Horta, da Sustain Azores e do Greenfest, com o apoio do Governo Regional dos Açores, o Bluefest, subordinado ao mote “Ciência e Educação para a Economia Azul”, vai centrar-se em sete áreas temáticas: alterações climáticas; áreas marinhas protegidas; economia azul e blue finance; serviços e recursos marinhos; pesca e produtos do mar; plástico e lixo marinho; e turismo azul.

Na presença do Secretário Regional do Mar e das Pescas, Manuel São João, e da CEO da Sustain Azores, Joana Borges Coutinho, Maria Antónia Dutra lembrou a importância da baía da Horta no tempo das Baleeiras de New Bedford e dos Cabos Telegráficos, evidenciando que a Horta, Capital Nacional do Iatismo, pretende tornar-se uma cidade direcionada para a inovação e transição para uma Economia Azul Regenerativa, procurando acelerar a implementação da Agenda 2030 com foco nos oceanos e na água.

“Nesta Cidade Mar, onde mais conhecimento se produz nesta matéria e onde há uma grande concentração de atividade em torno da maior riqueza dos Açores – o nosso mar – nasce o Bluefest, evento inspirador que pretende, ano após ano, amadurecer como um contributo para a prosperidade azul da cidade da Horta, do Arquipélago dos Açores e dos Oceanos do planeta”, frisou.

Com um programa diversificado, que conta com debates, mesas redondas e apresentações com foco em questões técnico-científicas conexas ao mar, a organização pretende promover o contacto entre agentes ligados direta ou indiretamente ao mar, criando solo fértil para a criação de sinergias que acelerem a ação no âmbito do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14: Proteger a vida marinha.

O evento terá um carácter anual, estando a próxima edição agendada para março 2023.

Mais informações AQUI.

© CMH | Foto: CMH | PE