JOSÉ MANUEL BOLIEIRO LEMBRA QUE AÇORES “NÃO SÃO UMA ABSTRAÇÃO” E CADA ILHA TEM DESAFIOS PRÓPRIOS

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, lembrou segunda-feira, 10 de outubro, em visita estatutária ao Pico, que os Açores “não são uma abstração” e que cada ilha da região tem os seus desafios próprios.

“Estamos empenhados em desenvolver os Açores sabendo que os Açores não são uma abstração, são realidades diferentes em cada ilha”, considerou o governante.

José Manuel Bolieiro dirigia-se a algumas dezenas de agricultores do Pico, numa sessão tida na Associação de Agricultores da Ilha Do Pico (AAIP), São Roque do Pico, e em que foram apresentados projetos de recuperação de diversos caminhos agrícolas da ilha do Pico.

“Estamos aqui não para dar ordens, mas para apresentar trabalho e ouvir”, lembrou o Presidente do Governo, sublinhando, todavia, não ter uma “varinha mágica para resolver os problemas todos num estalar de dedos”.

“Não procuro enganar ninguém com milhões de garganta e tostões de realidade”, acrescentou ainda, reconhecendo haver um “trabalho hercúleo” por realizar devido à herança recebida, neste caso no que refere à conservação de caminhos agrícolas no Pico.

E concretizou: “Estamos a tratar do filme que é a nossa vida coletiva, que diz respeito a todos e a cada um. A orientação estratégica do Governo é ter um recenseamento das coisas: saber o que temos. Este esforço está a ser feito. Nem Roma nem Pavia se fizeram num dia. Estamos a trabalhar em progresso”.

A sessão na AAIP integrou a visita estatutária do Governo dos Açores à ilha, que decorre até hoje.

© GRA | Foto: MM | PE